NGC 4634 com gás a brilhar e poeira escura

Crédito: Hubble, ESA/NASA

O telescópio espacial Hubble tirou esta foto à galáxia espiral NGC 4634, que da perspectiva da Terra é vista “de lado” (daí que parece somente “uma linha”, ao contrário do normal que é vermos “de cima” e assim vê-se quer o centro quer os braços da galáxia em todo o seu esplendor. É uma questão de perspectiva: depende da forma como a galáxia estiver “virada para nós”).

Esta galáxia encontra-se a cerca de 70 milhões de anos-luz de distância da Terra, e na verdade faz parte de uma dupla.
Tem uma vizinha bastante próxima, chamada NGC 4633, que está na direcção do canto superior direito da imagem, e que provoca distorções gravitacionais nos braços da NGC 4634.

Em parte devido a esta interacção gravitacional, NGC 4634 contém muitas nebulosas rosas brilhantes (similares à Nebulosa de Orion na Via Láctea), que transformam o seu gás em estrelas – são “fábricas” de formação de estrelas.

Além destas nebulosas brilhantes, NGC 4634 também contém filamentos escuros de poeira. Na verdade, esta é poeira interestelar fria que bloqueia parte da luz das estrelas.

Leiam a notícia original, no site da NASA.

1 ping

  1. […] (e aqui). NGC 1187. NGC 1232. NGC 1275. NGC 2403. NGC 2683. NGC 2841. NGC 3190. NGC 3521. NGC 3628. NGC 4634. NGC 5010. NGC 5806. NGC 6384. NGC 6745. NGC 6872. NGC 891 (aqui e aqui). NGC 300. NGC 1300. Rosa. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.