Extreme Deep Field

O Telescópio Espacial Hubble produziu uma das mais impressionantes imagens do Universo.
Chamado eXtreme Deep Field (XDF), a imagem é quase do tempo em que as estrelas começaram a brilhar.

A imagem mostra um universo-bebé de cerca de 460 milhões de anos (a galáxia mais distante detectada, é esta).
Ou seja, estamos a ver o Universo como ele era há 13,2 mil milhões de anos.

Para desenvolver esta imagem, o telescópio teve que estar a “olhar” durante mais de 20 dias para a mesma área do céu.
A imagem também incorpora 2.000 fotos tiradas durante 10 anos pelo telescópio.
Na imagem vêem-se mais de 5.000 galáxias, cada uma com milhares de milhões de estrelas.

A espectacular imagem, é esta:

Crédito: NASA; ESA; G. Illingworth, D. Magee, and P. Oesch, University of California, Santa Cruz; R. Bouwens, Leiden University; e a equipa da HUDF09

Leiam aqui, aqui, aqui, e aqui.

4 comentários

3 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Renan Boschetti on 27/09/2012 at 13:08
    • Responder

    Seria já o universo capaz de abrigar vida nessa época? Já existiam elementos pesados?

    1. Isto é da altura das primeiras estrelas… ou seja, feitas de hidrogénio queimando para hélio.
      Seria possível vida de hidrogénio somente? Penso que não…

      abraços

        • Renan Boschetti on 02/10/2012 at 03:40

        Que pena, toda vez que olhava para essa imagem pensava: para quantas civilizações não estamos olhando? Enfim, esse pensamento pode ter uma resposta afirmativa nos dias de hoje, mas a luz dessas galaxias, nessa perspectiva no tempo de hoje ainda não chegou aqui, e ainda vai demorar muito pra chegar. Mas quando olhamos para uma imagem de andromeda, por exemplo, pode ser que estejamos olhando para uma infinidade de civilizações, certo?

      1. Sim 😉

        Mas em Andrómeda estaríamos a olhar para civilizações que existiam há 2,5 milhões de anos atrás 😉

        abraços!

  1. […] Prémio Nobel da Física pela Expansão do Universo. Imagem Profunda. Imagem mais Importante. Extreme Deep Field. Vazio Cósmico. Tempo. Grande Atractor. Energia Negra. Matéria Negra (cartoon). Simulação […]

  2. […] Temos sorte de vermos o Extreme Deep Field (XDF) por estarmos num local em que o inicio de tudo está dentro do nosso universo […]

  3. […] Neste momento, o Telescópio Espacial Hubble vê até cerca de 500 milhões anos após o Big Bang: eXtreme Deep Field. […]

Responder a Carlos Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.