Jovem de 10 anos descobre uma supernova

Kathryn Aurora Gray é uma jovem canadiana de apenas 10 anos.
O pai, Paul Gray, é um astrónomo amador que participa em programas de astronomia para voluntários amadores detectarem coisas fantásticas no espaço.

Numa das noites, o pai recebeu 52 imagens tiradas pelo Observatório Abbey Ridge, de David Lane.
Kathryn também estava interessada em procurar supernovas nas imagens, por isso pôs-se logo ao trabalho.
Quando ia na quarta imagem, a 2 de Janeiro de 2011, notou qualquer coisa estranha lá, um pontinho de luz que estava onde não deveria existir, e perguntou ao pai: “este ponto será uma supernova?”
O pai contactou imediatamente outros astrónomos que no dia seguinte confirmaram a existência da supernova. De seguida, encaminharam a descoberta para a União Astronómica Internacional que validou a descoberta.

A “explosão” estelar, vulgo supernova, teve magnitude 17 e aconteceu na distante galáxia UGC 3378, que se encontra a 240 milhões de anos-luz de distância.
A supernova recebeu o nome 2010lt.

A jovem canadiana tornou-se na pessoa mais nova de sempre a descobrir uma supernova.

3 comentários

2 pings

  1. leo, não são profissionais, são tal como muitas pessoas que seguem este site, amantes do espaço.

    uma miúda de 10 anos interessar-se por astronomia, para mim o homem deu-lhe uma perfeita educação,hoje em dia é o que essa juventude precisa, é de cultura. não de jogos e mais jogos que vira-lhes a cabeça….

    abraços.

  2. Estamos a falar de astrónomos amadores… 😉

    Parece-me isso sim, que as parenting skills são óptimas.
    Ou seja, deram–lhe a educação suficiente em casa para ela não ter gasto esse tempo com trivialidades 😉

  3. Ah, mas com imagens profissionais e ajuda de um astrônomo experiente, até uma criança de 5 anos descobre uma supernova! Para mim, é mais um caso de sorte do que habilidade ou excepcionalidade. Mas de qualquer modo, parabéns a Kathryn!

  1. […] M101, SN 2011dh, SN 2014J (aqui). Bala Cósmica – SGR 0526-66. Anel. SBW1. Puppis. T Pyxidis. Kathryn Aurora Gray e Nathan […]

  2. […] que já em 2012, Kathryn Aurora Gray, também filha de Paul Gray, tinha descoberto uma supernova. Nessa altura tinha-se tornado a pessoa […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.