Um Par Diferente I: Características

O nosso genoma apresenta 23 pares de cromossomas. Como pares que são deverão apresentar alguma semelhança. No entanto há um par que difere e que insiste em ser cada vez mais diferente. O par XY tem um elevado heteromorfismo. O X tem muito mais genes que o Y, no entanto, este último, tem funções mais específicas no genoma, entre elas a determinação do sexo.

Sabemos que os nossos ancestrais têm alguns cromossomas mesclados. O par XY surgiu de um par de autossomas que adquiriu a capacidade de determinar o sexo. Ainda nos dias de hoje este “cromossominha” continua a degenerar até, um dia, se extinguir.

Para termos noção da mediocridade do Y vejamos a quantinade de unidades codificadas entre o X e o Y: O Y tem 178 genes, é um deserto genético. O X, por sua vez, tem uns magníficos 1098, identificados por cientistas do “Reino Unido, Estados Unidos e Alemanha que o analisaram em pormenor” (Ciência Viva)

Comecemos, então, por perceber que cromossomas existem no Homo Sapiens Sapiens. Temos os autossomas, que constituem o património genético do indivíduo; e os cromossomas sexuais que determinam o sexo do indivíduo. No par de cromossomas sexuais temos, em média, os que são XX (fêmeas) e os XY (machos).

“As mulheres têm vindo a conquistar as mais diversas áreas da sociedade. Contudo, se antes havia 7 mulheres para cada homem, hoje há 1,07” (uma nota). Esta é uma frase de um texto meu do dia da Mulher deste ano, que deixa em aberto algo de interessante: Podemos, os homens, estar a perder genes de um cromossoma essencial mas continuamos a ter grande importância. A Natureza não perde nada, transforma. Veremos qual o truque que irá fazer. Talvez um outro cromossoma adquira as competências sexuais.

Um dia, quando formos para o espaço, será que os resquícios do cromossoma Y se tornarão essenciais? Quanto mais pequena a estrutura genética mais instável e mais mutagénica se torna. É imprevisível saber o que irá ocorrer. Pode-se desintegrar ou não. Cá continuaremos para continuar a estudar este par…

 

1 comentário

1 ping

  1. Eh! Pobres de nós. Sabe lá o que o futuro reserva aos “machos” da espécie humana. Apesar disso, belo post.

  1. […] Medicina (tag): Mitos. Morgellons. Origem e Evolução dos Vírus. Gripe (prova da Evolução). Cromossomas XY. Vacinas. Sentidos (visão, audição, olfato, paladar e tacto, […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.