Do tamanho do teu olhar



(na Terra e em Marte: paisagens planetárias)

Com as fotos enviadas por sondas gatinhando no Sistema Solar a milhões de quilómetros de distância, rovers em Marte e astronautas na Estação Espacial Internacional, bem como algumas tiradas na Terra, o artista multimédia Michael Benson cria maravilhas.

Visões de paisagens planetárias, visões da espécie humana e da sua humilde e irrelevante posição no Cosmos.

Júpiter e duas das suas luas: um par de fogo e gelo, com as luas Io (em baixo na esquerda) e Europa (em cima na direita). Crédito: NASA / Jet Propulsion Laboratory / Paul Geissler / Michael Benson

A abordagem é completamente realista: a partir de milhares de fotografias publicadas pela NASA e pela Agência Espacial Europeia, Benson procura colocar-nos fisicamente nos locais onde aquelas imagens foram captadas, mostrá-los sob o olhar humano.

Fotografia tirada pela sonda Kaguya, a 7 de Novembro de 2007. Crédito: JAXA / Michael Benson / Kinetikon Pictures

Esta página da revista Time inclui mais fotos, um artigo sobre o seu trabalho e um vídeo onde nos são explicados os seus métodos. O New York Times publicou também uma excelente galeria de fotos.

Trânsito da pequena lua de Saturno, Mimas. Crédito: NASA / JPL-Caltech / Michael Benson / Kinetikon Pictures

Benson aponta «2001: Odisseia no Espaço» como principal fonte de inspiração (Arthur C. Clarke, co-autor do argumento daquela obra-prima de Kubrick, escreveu o prefácio de um dos seus livros) e é de facto muito fácil imaginar-nos a navegar nestas imagens ao som do Danúbio Azul

1 ping

  1. […] Starry Night. Ceia Científica. Imagem Inspiradora. Luís Carmo. Beleza. Ficção Científica. Michael Benson. Frigideiras. Bolhas de sabão. Ron Miller (aqui). Espiral. Pó de Estrelas. Z Machine. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.