Onde no mundo lusófono – Albufeira de Cahora Bassa

O desafio da semana passada foi, aparentemente, fácil demais e por isso resolvi esta semana trazer-vos algo menos óbvio. Vão deixando os vossos palpites nos comentários durante esta semana (os comentários vão sendo temporariamente embargados para não influenciarem os outros leitores). A resposta correcta será divulgada no próximo Sábado, antes da publicação do próximo desafio.

Observem com atenção a imagem que se segue:

Qual é o nome da albufeira visível na imagem?

Resposta ao desafio:

A imagem de cima mostra a parte mais meridional do Grande Vale do Rift, em África, região onde se implantam os grandes lagos Niassa (ou Malawi) e Tanganica (ambos discerníveis nas proximidades da linha do horizonte). Em primeiro plano, vemos as águas douradas da grande albufeira de Cahora Bassa (ou Cabora Bassa, como era conhecida no período colonial português). Esta imagem foi obtida a 27 de Abril de 2012, a partir da Estação Espacial Internacional (ID da imagem: ISS031-E-5842).

Cahora Bassa é a quarta maior albufeira de África, ocupando uma bacia com cerca de 2.739 km² de extensão e 20,9 metros de profundidade média. Situada no rio Zambeze, na província de Tete, em Moçambique, a barragem que lhe deu origem foi o último grande projecto de desenvolvimento financiado pelo governo português em terras africanas. A sua construção iniciou-se em 1969, em plena guerra colonial, tendo o enchimento da albufeira começado apenas em Dezembro de 1974, cerca de 5 meses após a independência de Moçambique. Actualmente, a barragem produz cerca de 2.400 MW de electricidade, que são repartidos por Moçambique, pela África do Sul e pelo Zimbabué.

10 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Fernando Simões on 29/10/2012 at 13:31
    • Responder

    Sérgio a tua explicação da imagem deixou-me uma dúvida (na verdade é uma piquinhice 🙂 ).
    Referes que na imagem os lagos Niassa e Tanganica são discerníveis nas proximidades do terminador.
    O terminador é a linha que separa a parte iluminada pelo sol, da parte não iluminada, certo? Nesse caso o que vemos na foto parece ser mesmo a linha do horizonte ( o limite da circunferência terrestre), e não o limite da zona ilunidada.

    1. Olá Fernando,

      Bem visto. Já fiz a correcção. 😉

    • Manel Rosa Martins on 26/10/2012 at 22:48
    • Responder

    Parece-me a albufeira da barragem do alto Rabagão.

  1. Cahora Bassa, Moçambique.

    • Fernando Simões on 22/10/2012 at 18:09
    • Responder

    Esta foi mais difícil. Mas o lago Malawi que se vê à direita, deu-me uma pista. No mundo lusófono uma grande albufeira com um lago perto, só podia ser Cahora Bassa.

  2. ~
    Albufeira Porto Primavera (Sérgio Motta), Rio Paraná, fronteira entre o Estado de São Paulo, com o de Mato Grosso do Sul?!!!

  3. cahora bassa, moçambique

  4. Cahora Bassa (ou Cabora Bassa)

  5. caroha bassa?

  6. vem-se duas…uma aparentemente lamacenta em baixo e outra enorme ao centro da imagem..para ser tao facilmente visivel do espaço deverá ser a mais conhecida….cahora bassa?

Responder a Tiago Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.