Vida no topo da Terra

Felix Baumgartner saltou de uma altura de 39 kms.
Se pensam que nada sobrevive a esta altura, relembro que já se encontraram microorganismos a 50 kms de altura.

No topo da estratosfera, com um ambiente de baixa pressão, temperaturas geladas, enorme radiação e ausência de água e nutrientes, poderia-se pensar que não se encontraria qualquer vida por lá.
Mas este tipo de ambientes extremos é o paraíso para alguns extremófilos. Ou melhor, para a maior parte deles (que venha do solo) é somente um local temporário enquanto não voltam cá abaixo: assim, simplesmente suportam essas condições.

Agora, uma equipa do NASA Astrobiology Institute, liderada por David Smith, está a fazer um estudo para registar a diversidade de vida que existe a essas altitudes.

Leiam em inglês, aqui.

1 ping

  1. […] 000593. Richard Hoover. Chandra Wickramasinghe. ADN extraterrestre. Vida na estratosfera (crítica, investigação). Vida na troposfera. Vida veio de Marte. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.