Primeira ministra da Austrália confirma: Mundo Vai Acabar!

Vejam o vídeo que confirma tudo!!!

É um vídeo real!
É mesmo a primeira-ministra da Austrália, Julia Gillard, a anunciar o fim do mundo no dia 21 de dezembro.

Julia Gillard adverte para os perigos dos zombies, de criaturas diabólicas, e até do k-pop (Gangnam Style).
Tudo isto, segundo ela, são sinais do apocalipse!

Julia Gillard vê um sinal positivo no fim-do-mundo: não terá de voltar a responder a perguntas em programas australianos de TV.

Se forem ao Google, encontram alguns sites que, manhosamente, deixam só esta informação.
Claro que fomentando o medo, mais pessoas os visitam. As pessoas gostam de ser enganadas…

Felizmente, desta vez, muitos outros websites e sobretudo os Media, deram a informação correcta: este é um vídeo com sentido de humor que a Julia Gillard fez para promover o Triple J, um programa de uma rádio australiana.

É humor! Só! 😉

4 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. e por falar em teorias conspiratórias, parece que uma das enfermeiras envolvidas no telefonema que passou informações sigilosas sobre a gravidez da Kate Middleton morreu, não demora muito para surgirem as conexões com o illuminati, é só aguardar…

    1. E tudo devido a um programa de humor… 🙁
      http://www.jn.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=2933937

    2. Existe um programa de comédia brasileira chamada “Fred e Lucy”, que conta a história de dois detetives, e em um episódio que vi mostra eles falando dos “Illuminati”, e a confusão que deu, é claro que me refiro a uma confusão de comédia, mas esse programa se segura bem firme para não cair no besterol, quem quiser ver tem no Now da Net e procurando no google se acha tudo.

  1. […] Cláudio Heckert. William Tapley. Anti-Cristo. 23 de Setembro de 2011. Profecia de S. Malaquias. Primeira ministra da Austrália. Edward Snowden. Júlia Pinheiro. Dissonância Cognitiva: mentiras. Lista + 10 + 11 + infografia. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.