12/12/12 12:12

Nos últimos dias, esta era a última moda dos vigaristas profetas da desgraça, e dos seus crentes seguidores que se deixam levar cegamente por qualquer disparate.
Claro que também levou a que muita gente gozasse com a data, e tirasse fotografias, como podem ver aqui.

12 12

Supostamente, no dia 12 de Dezembro de 2012 (12/12/12), às 12:12:12 (12 horas, 12 minutos, e 12 segundos), o mundo iria acabar.

E as evidências não poderiam ser mais claras.

É que isto é um evento raríssimo, que só acontece… errrrr… frequentemente?
No ano passado era o 11/11/11 às 11:11:11…

Mas há evidências ainda mais claras.

Somando os números, dá 1 + 2 + 1 + 2 + 1 + 2. O resultado é 9. Como se sabe, aplicando a prova dos 9 que se aprende em matemática, tendo 9, “noves fora nada”. Ou seja, ficamos com nada! Pufffffff ! Lá se foi o planeta!
Por outro lado, o “número da besta” é 666. Somando os números dá 18. Somando 1 + 8, dá 9. Está visto, é o Diabo que nos vai exterminar!
A matemática não engana.

Está visto que a matemática nos vai exterminar! 😀

Enfim… 😛

3 comentários

1 ping

  1. O mundo não acabou porque os números foram aldrabados. Estamos em 2012 e não no ano 12.
    Se estivéssemos no ano 12 o mundo teria certamente acabado!

    Para aqueles que pretendam refutar a minha ideia, digo já que no ano 12 o mundo não acabou porque na altura não havia relógios digitais e não era possível ter o minuto 12 e o segundo 12 de modo a formar um alinhamento numérico catastrófico.

  2. vai brincando Carlos, tenho certeza que ano que vem o mundo acaba na data de 13/13/13 e que OH WAIT…

  3. Ao nível do ridículo na área da pseudociência, creio que a numerologia só é ultrapassada pela homeopatia. Porque raio há-de um conjunto de números ter algum significado especial só por si? E quando não se acha não há problema, divide-se, multiplica-se, soma-se e subtrai-se até se obter algo que supostamente tem um significado por ser igual a x ou a y. Depois de tantos contorcionismos o que era notável era que não se chegasse a uma associação rebuscada qualquer. Seja 666, 42, 23 (http://en.wikipedia.org/wiki/23_enigma) ou outra tolice qualquer. Além de que os resultados seriam diferentes se usássemos uma matemática de base diferente. Nós usamos a de base 10, mas os Maias por exemplo usavam um sistema de base 20 (http://www.youtube.com/watch?v=Ybvb7oy_WV0). Ou seja, apesar de ser usada para fazer inferências no mundo real, a maneira como usamos os números é uma construção puramente humana, o que torna a numerologia ainda mais ridícula, porque partem do pressuposto que os números têm uma ligação “mágica” com o Universo/Deus.
    Nós vivemos num mundo rodeado de produtos da ciência e ainda hoje se constroem arranha-céus que saltam do andar 12 para o 14 só para não fazer referência ao número 13. Inacreditável…

  1. […] Música (aqui). Lista: várias + wikipedia + 10 + 11 + Furadas + inutilidade + infografia. 12/12/12. Ig Nobel. Anos: Cometa Halley (1910). 2008. 2010. 2010. 2011. 2012. 2013. 2014. 2014. 2016. 2017. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.