Criacionismo atinge um novo mínimo

Crédito: Discovery Insitute

Crédito: Discovery Institute

Como se sabe, os fanáticos religiosos gostam de subverter o que a ciência diz, para inventarem parvoíces.
Mas desta vez atingiram o mínimo da credibilidade…

Foram pegar numa imagem que está à-venda na internet, colocaram uma bióloga religiosa à frente de um ecrã verde… e sobrepuseram as imagens num vídeo para parecer que era uma investigadora nos laboratórios deles.
Obviamente foram logo apanhados na trafulhice.

Sobre o conteúdo desse vídeo, deixo-vos com o editorial da New Scientist: “É religião“.

4 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. É curioso que esses supostos “cientistas”, tão devotos de Deus e que se arrogam de terem valores morais e éticos superiores ao do comum dos mortais, acabam por se revelar uns trapaceiros que usam de truques e artimanhas para enganar o próximo…

    Esta constatação levanta-me uma dúvida… Que interesses obcuros os movem?

  2. A especialidade do Discovery Institute é manipular informação…esta foi só mais uma táctica enganosa por eles aplicada. E, como quase todas as anteriores, posta a nu.

  3. Bem…estou considerando a possibilidade de a espécie humana ter sido resultado de manipulação genética dos “macacos” por parte de cientistas “extra-terrestres”; mas pondero muito mais a teoria do “Zoo.
    Afinal os ET’s não aparecem e bastantes elementos da nossa espécie tem-se portado como umas gradessissimas bestas nas últimas décadas! O mote é : Intrujar e roubar o próximo. O resultado ainda hoje se sente e vai-se continuar a sentir…

  4. Mínimo? Atingiram o fundo do poço e de cabeça hahahaha

  1. […] adultas. Michael Shermer. Acima de Deus e Morte. Morte. Funeral. Hélio. Islão. Criacionismo (fraude). Debate entre Bill Nye e Ken […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.