Carl Sagan – uma vela acesa no escuro

Crédito: Bule Voador

Crédito: Bule Voador

Carl Sagan faz-nos muita falta, nesta altura em que os pseudos proliferam nas suas manipulações.

Os átomos que compunham Carl Sagan, estão actualmente espalhados por estrelas, planetas, nebulosas, animais, e até em alguns humanos.
Carl Sagan continua assim a manter a sua vela acesa, agora espalhada pelo cosmos…


(últimos 5 segundos)

Por tudo o que fizeste pelo desenvolvimento mental da Humanidade: OBRIGADO CARL

6 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Obrigado pela dica Carlos,talvez o meu inglês não seja nem um “more or lass” rsrs. Tenho uma vaga noção da língua inglesa por achar bonito a sua pronúncia. Tem uma historiadora no Brasil que não me recordo o nome no momento, defende a tese que nós brasileiros vivemos de “costas” para os países da América Latina e com o olhar para América do Norte; digo isto pelo pouco interesse que a língua espanhola nos desperta.Quanto a física tirando os seus cálculos, sempre me fascinou na sua relação de desvendar os segredos do Universo. Tem muitos vídeos no you tube do Carl Sagan entre outros, bastante interessantes,dá para se ter um boa noção dos avanços da cosmologia.Abraços,ainda que já tardio de um bom natal.

  2. Obrigado Carlos por olhar o vídeo, não sou físico nem de longe. Mas admito que achei interessante a forma que ele expõem suas idéias. Ele cita que a ciência neste século assume o papel de inquisidora,ou seja, assume a última palavra em tudo. Teve algumas coisas que achei interessante em suas idéias;como não sou físico não posso aprofundar, o mais certo seria ele entrar num debate com físicos com acesso ao público. Uma coisa é certa tive algumas noções de conceitos da física com sua aula no vídeo. A citar principio da incerteza etc. Valeu pela gentileza em mais uma vez me responder ao meu questionamento.

    1. Esse é o problema: ter noções de física com quem lhe está a vender “peixe falso”.

      Se quer ter aulas de física, pode ter online com professores de física, ou pode ir a Universidades assistir a aulas de física.
      Não deveria ter noções de física, com quem pretende enganá-lo com palavreado baseado em concepções erradas da física.

      E não, ele não pode entrar em debate com físicos, porque não é isso que ele quer. Ele quer vender ideias erradas a leigos. Por isso ele não publica o que escreve de modo a ser avaliado por quem realmente percebe de física. Ele sabe que não teria hipótese.
      Por isso, ele não quer isso 😉

      Francisco, por favor, se está realmente interessado nestes assuntos, e se sabe inglês, tente estes cursos:
      https://www.coursera.org/
      https://www.coursera.org/category/physical

      abraços!

  3. Boa tarde Carlos, achei este vídeo no youtube de um físico-espiritualista. A minha intensão aqui é que pessoas que tenham conhecimento discutam o que ele propõe em seu modelo teórico. Não tenho conhecimento em física,porém vi que tirando as suas concepções religiosas ou interesse que ele almeja, gera discussão, foi o que vi em alguns blogs de físicos. Apenas queria ver o esclarecimento cientifico do tema como ele o propõem.Obs.: o vídeo tem mais de 2 horas.

    (comentário editado)

    1. Francisco,

      O seu comentário foi editado porque aqui não fazemos propaganda a videos de vigaristas 😉
      Obviamente que o tal “professor” é tão físico como eu sou médico…

      Tem uma crítica a isso, aqui:
      http://truesingularity.wordpress.com/2012/10/15/a-picaretagem-da-pseudociencia/

      De resto, já temos falado aqui no blog diversas vezes sobre essas pessoas que se aproveitam da física quântica para venderem disparates.

      abraços 😉

  4. Foi um dos maiores cientistas de todos os tempos e realmente faz falta um homem com sua personalidade e caráter, com sua inteligência e sabedoria, com sua visão e coragem por tudo q escreveu. Uma pena ter ido tão cedo… Thanks Carl!!

  1. […] de uma cultura científica. Contudo, no Astropt já há diversas publicações sobre Carl Sagan, aqui, aqui, e aqui, e também aqui, e mais aqui. . De qualquer modo, nesta altura em que passam 20 anos […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.