Porque não foi encenado?

Neste documento já explicamos as provas de que fomos à Lua e desmontamos todos os argumentos conspirativos.
Após verem o vídeo abaixo, deverão novamente ler este documento.

Mas agora trago este brilhante vídeo do crente em conspirações e realizador de filmes S. G. Collins.
O vídeo explica porque era impossível naquela altura encenar a ida à Lua: não existia tecnologia para isso, a União Soviética (principal interessada em que fosse tudo uma montagem para humilhar os EUA) monitorizou e provou que os Americanos estiveram na Lua por 6 vezes, e sobretudo porque o principal argumento que os conspiradores defendem sem se aperceberem é que: “Era impossível termos tecnologia para ir à Lua, mas tínhamos tecnologia muito mais avançada de modo a podermos encenar tudo”.

Claro que mesmo 2.500 anos após se provar que a Terra é redonda, ainda há pessoas (e sociedades) que defendem que ela é plana. Quem diz que o Homem nunca foi à Lua usa a mesma estratégia de negar as evidências.
Mas tal como defende o vídeo, e tal como disse o doutor David McKay: “seria impossível falsear as rochas lunares e enganar tantos cientistas (…). Em vez de falseá-las, seria muito mais fácil ir à Lua apanhá-las!”

moon hoax not

1 ping

  1. […] à Lua (tag): Kennedy. Missões Apollo. Módulos. Apollo 11. Aldrin. Cernan. Provas (aqui). Farsa. Não falso. Em Órbita. Carlos Oliveira. MythBusters. Conspirações. Tabloides. Astronautas. Documentários. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.