Curiosity recolhe primeiras amostras de uma rocha marciana

furos_John_Klein_MastCam_Curiosity_090213Primeira perfuração do robot Curiosity na rocha John Klein destinada à recolha de amostras de rocha pulverizada. Um pouco acima encontra-se o primeiro ensaio realizado dias antes. Imagem obtida pela MastCam a 09 de Fevereiro de 2013 (sol 182 da missão).
Crédito: NASA/JPL-Caltech/Malin Space Science Systems.

Pela primeira vez, o Curiosity usou a broca do seu braço robótico para perfurar uma rocha marciana e recolher amostras para análise. Depois de quase duas semanas de testes, o robot da NASA completou a perfuração de um buraco na rocha John Klein com cerca de 1,6 cm de diâmetro e 6,4 cm de profundidade. A rocha pulverizada recolhida pelo sistema de perfuração vai agora ser mantida em câmaras no seu interior até ser transferida para o sistema de processamento de amostras CHIMRA (Collection and Handling for In-Situ Martian Rock Analysis), onde será sujeita a vibrações para eliminar partículas com tamanho superior a 150 µm. Depois de processadas, as amostras serão depositadas nos instrumentos CheMin e SAM para a realização das primeiras análises detalhadas à composição de John Klein.

1 comentário

    • Ricardo Correia on 14/02/2013 at 10:47
    • Responder

    As primeiras análises já vão poder determinar a presença de possível matéria orgânica? Ou só estudos posteriores podem revelar isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.