Consequências de sistemas com unidades diferentes

via IFLS

via IFLS

A sonda Mars Climate Orbiter, também conhecida por Mars Surveyor ’98 Orbiter, foi enviada para Marte a 11 de Dezembro de 1998. O seu objectivo era estudar o clima marciano e investigar as mudanças na superfície marciana.
A 23 de Setembro de 1999, ao entrar em órbita marciana, perdeu-se o contacto da sonda.
Razão: a equipa da NASA usou o sistema mundial (quilómetros) para o software de vôo na sonda, enquanto a equipa da Lockheed usou o sistema americano (milhas) para o sistema de controlo no solo.

www.imager.cc

Supostamente a sonda era para ficar a uma altitude de 226 quilómetros. Mas devido a terem utilizado sistemas diferentes, a sonda foi colocada a uma altitude de 150 quilómetros, tendo posteriormente caído para 110 quilómetros, e finalmente ter atingido os 80 quilómetros de altitude que é o limite para se manter em órbita de Marte antes de se perder. Os últimos cálculos mostram que ela chegou a estar a 57 quilómetros de altitude.

imperial metric

E assim se perdeu uma missão a Marte que custou cerca de 650 milhões de dólares.

measuring-system

1 comentário

1 ping

    • Graciete vVrgínia Rietsch Monteiro Fernandes on 22/02/2013 at 12:01
    • Responder

    A mania de não utilizarem o sistema internacional de unidades, causa problemas de grande dimensão de que nem nos apercebemos se não estivermos atentos ao mundo da Ciência, como este onde se gastaram milhões para investigar um assunto importante e que se perdeu totalmente.

    Cumprimentos.

  1. […] auto-retrato, furo, humor). Custos e Vantagens: 1, 2, 3, 4, 5. Comparação. Phoenix. Viking. Mars Climate Orbiter. Exploração. Dunas Coloridas. Geologia. Registo Geológico. Superfície Rochosa. Rocha Pinnacle […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.