Um Planeta vivo pode existir?

desenhos-animados-de-sorriso-da-terra-do-planeta-thumb2794720

Por esses dias, assisti “Lanterna verde – os cavaleiros esmeralda” e um inusitado personagem chamou minha atenção: Mogo, um Planeta Vivo consciente, o maior (obvio) e mais poderoso de todos os Lanternas Verdes.

Os Lanternas Verdes são super-heróis do Universo DC, são seres de várias raças do Universo escolhidos para portar um anel de poder com a energia da força de vontade de todo o Universo, e são responsáveis pela segurança dele, como policiais espaciais. Na trama a que me refiro os Lanternas estavam em apuros, um inimigo sinistro e gigantesco feito de anti-matéria estava emergindo de um Sol e queria estragar o dia de todos, e teria conseguido, porque estava massacrando toda a frota de heróis verdes, até que em uma entrada triunfal o Planeta enorme emerge e bota ordem na casa, derrotando o vilão com um único raio de luz verde. Imediatamente pensei: finalmente um adversário para o Galactus, o monstro espacial do Universo Marvel. 😀

Mogo

Mogo

Há pouco tempo, um outro Planeta Vivo fictício ficou conhecido por todos, o Planeta Pandora, do filme Avatar. Diferente de Mogo, cuja racionalidade vem de seu grande poder, Pandora é um Planeta vivo em função de uma biosfera intensamente ativa e interligada, um fenômeno eletroquímico entre as raízes das plantas e o organismo dos animais das densas florestas parece ter adquirido uma consciência própria – não seria de estranhar, afinal são muito mais ligações que as sinapses do cérebro humano -, a ponto de identificar uma ameaça a seu próprio ambiente, movendo toda a sua fauna para combater essa ameaça, análogo ao que nosso organismo faz com os anticorpos. Nesse caso, a ameaça era o imperialismo de astronautas humanos.

Pandora, que a verdade é uma lua gigante de um Planeta Gigante Gasoso, chamado Poliphenus, o Cíclope que foi cegado por Ulísses, em Odisséia

Pandora, que na verdade é uma lua gigante de um Planeta Gigante Gasoso, chamado Polifenus, o Ciclope que foi cegado por Ulysses, em Odisseia

Mas, fora da ficção, qual a possibilidade científica de um Planeta Vivo existir, como organismo ou mais, um ser pensante?

Hipótese GAIA

Gaia é, na mitologia grega, uma deusa mais antiga que Zeus e Cronos  sendo a entidade suprema da Terra, irmã de Urano, o supremo do céu, pai de Cronos, o senhor do tempo, e avô de Zeus (pai e manda chuva no Olimpo), Poseidon (senhor dos mares) e Hades (o andar de baixo, senhor dos mortos). A Hipótese Gaia é uma controversa teoria de que a Terra é um Planeta Vivo, frequentemente descrita de que a ligação e equilíbrio entre a biosfera, a geologia e a atmosfera da Terra formam um único organismo vivo, capaz de se auto-regular.

Wikipédia: “A hipótese Gaia, também denominada como hipótese biogeoquímica, é uma hipótese controversa em ecologia profunda que propõe que a biosfera e os componentes físicos da Terra (atmosferacriosferahidrosfera e litosfera) estão intimamente integrados de modo a formar um complexo sistema interagente que mantêm as condições climáticas e biogeoquímicas preferivelmente em homeostase“.

A hipótese Gaia é atraente, mas carece de indícios que a tirem do nível de hipótese, creio que não entraria, ao menos atualmente, no nível de uma Teoria Científica, antes de desenvolver uma base mais sólida e observável, algo como indícios reais e testáveis.

Planeta Pensante

Sendo talvez uma questão a pensar, até onde um Planeta seria considerado um mundo vivo, como Pandora ou como a Terra da hipótese Gaia, ou apenas um Planeta com muitas formas de vida, mas não um ser vivo como entidade própria, poderíamos ir um pouco além e imaginar um Planeta pensante?

Um Planeta vivo ainda é um planeta, rochoso, vivo em si seria sua parte biológica, a biosfera intensa gerenciando o clima, os oceanos e a crosta planetária. Poderia ser comparado a uma árvore, com 99% de madeira morta, mas ainda assim, nesse 1%, um organismo vivo auto suficiente. De certos pontos de vista, a biosfera intensa pode, dentro dos seus 4 bilhões de anos, ser considerada uma essência de um planeta vivo visto que foi a atividade biológica, fermentação, fotossíntese, que formou a Terra de hoje, pressurizada e com atmosfera rica em oxigênio.

Mas uma atividade biológica intensa e crescente poderia formar uma unidade gigantesca capaz de pensar? Formar atividades eletro-bio-químicas como Pandora?

Deixo a questão aberta aos demais pensadores. Eu penso que num Universo de infinitas possibilidade temos que estar sempre abertos para surpresas da natureza. Mas como nosso único campo de estudo é nós mesmos, é preciso uma análise em sistemas da Terra pra estimar tal possibilidade. As formigas chegam a formar um sistema complexo, com comunicação baseada em feromônios. Nosso cérebro funciona em função da comunicação entre os neurônios, as sinapses, mas enquanto nosso cérebro corresponde a 3 % do corpo, a energia que gasta devora 20% de toda a que nosso organismo tem, imagine isso no nível de um Planeta? Fica mais difícil. Penso que se Mogos e Pandoras existirem, serão muito raros.

Acredito que temos algo que nos dá uma ideia do que seria um gigantesco organismo vivo. O maior ser vivo da Terra foi achado em 1996: um fungo que cresce sob o solo da Floresta Nacional de Malheur, no Estado do Oregon, Estados Unidos. Ele é um Armillaria Ostoyae, um cogumelo do mel, ocupa uma área de 880 hectares e pesa uma massa de 600 toneladas. Ele regula a própria floresta acima dele, decidindo qual árvore vive e qual árvore morre, e ele ainda cresce, cerca de um metro por ano, e sua idade pode ser superior a dois milênios. Dizer que é inteligente seria exagero, mas em algum momento precisamos definir melhor o que é inteligência.
A vida se formou de concentrações químicas isoladas na Terra, mananciais ou poças, não podemos tomar a Terra como um padrão obrigatório só porque é o único modelo que conhecemos. Um planeta quimicamente muito saturado poderia formar um organismo de proporções planetárias, um ser filamentoso como esse fungo americano não seria descartável. Inteligência, habilidade cognitiva, é mais raro, mas não descartável, já ouvi falar de estudos que de um determinado paradigma chegaram a detectar habilidade cognitiva em plantas, sem a necessidade de um sistema neural. Uma inteligência também pode ser coletiva, como um formigueiro. E a biomassa das formigas é bem maior que a biomassa de humanos nesse planeta, e elas não são as únicas a formarem colônias coletivas.
Esse Universo nos revela muitas surpresas, e talvez planetas vivos e pensantes podem estar entre elas.

Até à vista, que a força esteja com vocês. 🙂

6 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Realmente, é algo que não da pra discartar, pensando nas probabilidades, vivemos em um universo, que até agora, é infinito, ou seja, existem infinitas “jogadas de dados” para acontecer, então, se a ocorrencia de um “planeta-vivo” for pessivel matematicamente, logo ela ira acontecer! Dá mesma forma que deve existir outro Jonatas pelo cosmos, existe um outro Eu. Isso tudo é fruto da minha imaginação haha, pensando por lados matematicos e nas probabilidades, tudo nesse universo é possivel!

    1. Se considerar a hipótese dos Universos Paralelos, podem sim existir outros Eu(s) e outros Você(s). 🙂

  2. Já imaginou também estes extraterrestres? 😉
    http://en.memory-alpha.org/wiki/Calamarain
    E os “Galaxians” 😉

    1. É, pra imaginar da sim, seria tão fascinante quanto assustador. 🙂

  3. Olá!

    A questão é: se é verdade (ou não) que volta e meia nos deparamos com um disco-voador cortando os céus…, é certo que existem outros Planetas acolhendo mentes interessantes e certamente mais expansionadas do que as nossas mentes.

    • Ricardo André on 23/03/2013 at 07:44
    • Responder

    Eu sempre disse que não passamos de meras bactérias multicelulares num meio de cultura a que chamamos de planeta. Talvez as nossas sondas e naves espaciais sejam como virus à procura de novas células para infectar…

    Excelente artigo. Tenho de partilhar…

  1. […] Equação de Drake. Equação de Flake. Academia Nacional de Ciências. Semiótica. Jovem Universo. Planeta vivo. Sagan. Anãs Brancas. Dentro de Buracos Negros. Buraco Negro de Outro Universo (aqui). Luas. Vida […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.