Descobertos os planetas mais pequenos dentro da zona habitável

Há algumas horas atrás, trouxemos a notícia que a equipa da Missão Kepler tinha descoberto 2 novos sistemas planetários, totalizando 7 novos planetas; e destes 7, três deles são os mais pequenos planetas até agora descobertos dentro da zona habitável da sua estrela: Kepler-69c, Kepler-62e e Kepler-62f.
Por tudo o que li, o mais promissor (em termos de comparação com a Terra) parece-me ser Kepler-62e, com uma temperatura de equilíbrio de -3ºC, cerca de 60% maior que a Terra, e com um período de 122 dias. O planeta está a “somente” 1.200 anos-luz de distância de nós.
Leiam tudo sobre esta descoberta, neste artigo.

Deixo-vos agora com uma infografia muito interessante da Space.com sobre estas descobertas:

exoplanet-super-earths-habitable-zone-kepler-62-130418c-02

1 comentário

2 pings

  1. Sem dúvida uma descoberta significante. Apesar de estar a 1.200 anos-luz da Terra, a verdade é que podem ser planetas como estes a tornarem-se a nossa futura “casa”, quando o nosso Sol chegar ao vim da vida e com ele a nossa Terra.

  1. […] Mais de 100 anos de­pois, com os nos­sos ultra-sofisticados equi­pa­men­tos ca­pa­zes de de­te­tar a som­bra de um pla­neta a 1200 anos-luz de dis­tân­cia, eis-nos a ima­gi­nar vi­zi­nhos cós­mi­cos ou­tra vez. […]

  2. […] as recentes fantásticas descobertas (leiam aqui e aqui), o novo catálogo de planetas potencialmente habitáveis (nota: não é “habitados”), é […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.