Desidrolinfado e Deaquadetoxificado mas mais Esperto

maxresdefault

No seguimento de um post recente – o Desintoxicar uma Ideia Errada, a Nice Space, detentora da marca Hidrolinfa, escreveu-me um mail como resposta. Vou transcrever excertos não alterados e responder aqui porque, creio, não é nenhum tabu nem segredo o que o Ricardo me escreve nem que vou responder.

Em primeiro lugar refere que misturei duas marcas (Hidrolinfa e Aquadetox) quando escrevi o post. Diz que são distintos mas “Desconhecemos as virtudes ou defeitos do outro equipamento” e que “podemos defender o nosso produto […] com resultados e centenas de testemunhos”.

Quero começar por pedir desculpa se misturei as marcas. Se elas, de facto, são distintas além do nome. Em segundo, não entendo como consegue distinguir dois produtos se não conhece as virtudes e os defeitos do outro. Contudo, irei eu apresentá-las e distingui-las. O nosso site prima pela verdade científica, pela ética e pelo conhecimento.

Ora vamos lá fazer o que mais gosto: uma tabela com as duas marcas

Hidrolinfa

Aquadetox

“promove o equilíbrio físico e bio-energético, abordando o organismo na perspectiva da homeostasia.”

“permite que as células reequilibrem electricamente permitido trabalharem eficientemente e expelir qualquer acumulação de toxinas.”

“não é um equipamento e/ou meio de diagnóstico”

“Embora o AquaDetox não fizesse nenhuma reivindicação para curar circunstâncias médicas, muitos clientes e médicos relataram que seus problemas de saúde existentes foram ajudados pelo seu tratamento”

“indivíduos referiram que durante o tratamento reduziram ou retiraram a toma de ansiolíticos, sedativos e hipnóticos que estavam prescritos para distúrbios do sono.”

“Pesquisa e testemunhos mostraram que o AquaDetox beneficiou os seus clientes aumentando seus níveis de energia e melhorando seu sentido geral de bem estar.”

“recomendamos sempre que se efectue a mesma previamente e após as 12 primeiras sessões para controlo.”

“um mínimo de seis tratamentos ao longo do mês “

Ponto 1 – Equilíbrio. Temos no site vários posts sobre este tema. Qualquer um de nós aprendeu que o equilíbrio é muito bonito quando é o dos mosquitos que nos chateiam. E porquê? Porque o equilíbrio é a morte. No equilíbrio as reacções páram. Podemos reparar que as duas marcas dizem a mesma coisa, aliás, a Aquadetox vai mais longe e consegue reequilibrar. Não chega apenas um equilíbrio, é preciso mais nesta altura em que as pessoas estão desequilibradas e com stress. O reequilíbrio é a chave para a felicidade e a paz. Aqui continuamos com a frase do mail que me deixa inquieto: o “equipamento que promove o equilíbrio físico e bio-energético, abordando o organismo na perspectiva da homeostasia”. Gostaria que me explicasse como promove o equilíbrio físico e, também, o equilíbrio homeostático, o que acho muito interessante. Equilibrar os gradientes de concentração, de pressão, bio-eléctricos?

 E como é que o equipamento propõe o equilíbrio? Agora vamos ao site:

a fricção causada pelo rebentamento das ondas na areia e nas rochas liberta milhões de iões negativos, que envolvem o organismo, proporcionando um relaxamento global. A pouca quantidade de roupa, ou quase nenhuma, que as pessoas trazem vestida facilita este envolvimento. O mesmo acontece nos rios e nas cataratas. Eis a razão pela qual estes lugares são escolhidos por tanta gente que procura libertar-se do stress, depressões e ansiedades, provocadas pela agitação do dia-a-dia.

Enquanto o ser humano para encontrar o equilíbrio nestes lugares necessita de vários dias, a HidroLinfa® proporciona um equilíbrio igual ou superior pelo facto dos nossos pés estarem em contacto direto com o campo eletromagnético.”

Ponto 2 – Vem a defesa de que não é um aparelho de curas. Não é um meio de diagnóstico mas tiram-se conclusões dos resultados da cor da água. O que é então? Pode-se fazer um diagnóstico a partir de um aparelho de não diagnóstico? Sim, desde que nenhum seja verdade,. O Aquadetox vai, mais uma vez, mais longe. Vai além do diagnóstico e indica que não sendo um aparelho que cura… ele cura. Lá está, mais uma vez, é possível um equipamento que não cura promover uma cura? Sim, desde que o equipamento tenha sido usado para promover a marca com uma cura que não fez.

Ponto 3 – Escusamos de dissertar muito sobre pessoas que dizem que estão melhores pela sugestão de um equipamento. Tal como eu digo que “esta maçã vai ajudar na dor de cabeça, mesmo que tenha tomado um medicamento. Aliás, esses medicamentos, do mundo malévolo da indústria química que nos quer envenenar, não fazem nada”. Quanto ao Aquadetox fico com dúvida de que energia eles se referem. Será cinética, potêncial, calorífica, electro-magnética, fraca, forte, gravítica? Não dizem.

Mas esperem lá… se aumenta os níveis de energia como é que o aparelho promove o equilíbrio energético??

Parece que as duas marcas são em tudo semelhantes. Assim, é normal que haja confusão.

3 comentários

2 pings

  1. Caros Srs., com a minha imensa ignorância só posso especular que a energia só é uma: a cinética ou energia do movimento. Movimento esse que se reflete nas ondas do mar que batem na areia e rochas à beira mar plantados e que fustigam os mexilhões.
    Sim, os pobres mexilhões que suportam imensos joules de energia que resvalam na sua resistente couraça e claro está, assim devem-se produzir alguns iões negativos e positivos.
    Mas eles continuam firmes e bem agarrados às rochas que por observação não cientifica mas por criatividade ficcional atribui-se o resultado aos iões!
    Como diz o ditado: As ondas batem e quem se lixa é o mexilhão!
    As pessoas são como o mexilhão, agarram-se ao que podem, mas numa grande percentagem vão enroladas nas ondas…
    Com iões ou sem iões, com ferrugem ou sem ferrugem; há que gerir os recursos com o mínimo de ilusões possível.

  2. Resumindo, podemos afirmar que todas as tretas são iguais mas umas são mais iguais que outras.
    Ou então são todas diferentes mas valem o mesmo.
    Registe-se ainda a “coragem” do Ricardo João por tentar discutir de forma científica as “virtudes” do produto.

  3. Bem, eu não conheço nem uma nem outra… mas a promoção do equilíbrio, ligarem isso às ondas do mar, mencionarem energia (sem terem qualquer noção do que isso é!), e falarem de testemunhos pessoais, claramente são pseudo-tretas assim avaliadas por qualquer manual de racionalidade que se utilize – por exemplo, o Kit de Detecção de Tretas que nos foi dado por Carl Sagan.

    Não sei se os produtos têm alguma coisa a ver um com o outro, já que as pseudo-tretas (todas elas) utilizam frases muito semelhantes para iludir as pessoas.
    No entanto, lembro que a pseudo-treta das chamadas “pulseiras do equilíbrio”, quando as pessoas perceberam que era tudo uma vigarice (à luz do conhecimento), mudaram o nome e continuaram a vender o mesmo produto, supostamente com os mesmos “efeitos”. Chamam-se agora iRenew.
    http://www.astropt.org/2011/01/05/pulseiras-do-equilibrio-admitem-ser-uma-vigarice/

    abraços

  1. […] Steve Jobs. Movimento Anti-Vacinação (fraude). Graviola (cancro, comentários). Aqua Detox, Hidrolinfa. Placebo (aqui, aqui, aqui). Nocebo. Terra Plana. Geocentrismo (conferência, documentário, […]

  2. […] destas terapias). O “0” pode estar a somar que é a mesma coisa que nada. Temos o exemplo da Hidrolinfa e, homólogos, que pede para a pessoa não deixar de tomar medicamentação e ver os resultados. É […]

Responder a Paulo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.