Hoje temos Super-Lua

Hoje temos uma Super-Lua: uma Lua Cheia no perigeu (ponto mais próximo da órbita).

Todos os meses temos uma Lua Cheia. E todos os meses temos um perigeu.
Mas os dois simultaneamente, com a Lua tão perto, acontece a cada 413 dias, em média. No ano passado aconteceu a 6 de Maio. Para o ano será a 10 de Agosto de 2014. Em 2011, fizemos referência a isto, neste post.

Hoje poderemos ver uma Lua Cheia e com uma aparência maior (por estar mais perto).

Notem no entanto que este ano a Lua nem estará o mais perto que é costume.
Se virem o gráfico em baixo, nem vêem lá a data de 2013. A razão é simples: quando hoje eram 8:11 da manhã em Brasília e 12:11h em Portugal, a Lua esteve o mais próxima de nós (esteve Lua Cheia às 8:32 de Brasília e 12:32h em Portugal), e ficou-se pelos 356.991 kms de distância da Terra. Ou seja, mais longe que os números abaixo na tabela.

Em alturas da super-Lua, a Lua aparenta estar 7% maior e 14% mais brilhante que a normal Lua Cheia.
Notem que não é a Lua que muda de tamanho. Mas só nos parece maior, devido à nossa perspectiva.
No entanto, a diferença de tamanho não é perceptível para um observador ocasional da Lua. Nós nem reparamos nessas diferenças.

Crédito: Gabriel Rodrigues Hickel

Crédito: Gabriel Rodrigues Hickel

Ao contrário do que anda a ser dito pelos pseudos, esta aparência da Lua não terá quaisquer repercussões nefastas na Terra. Não provocará terramotos nem nada do género. O máximo que poderá ter é um aumento ligeiro do tamanho das ondas do mar (poucos centímetros a mais).

Mas há ainda mais um pormenor a que devem estar atentos.
Além de estar uma Super-Lua, já por si aparentemente maior que o normal, outro factor tornará a Lua aparentemente ainda muito maior.

Todos os dias, ao nascer da Lua (a Lua nasce hoje às 21:06 em Portugal e às 17:58 em Brasília), a Lua no horizonte parece bastante maior do que quando está por cima de nós. Há quem diga que a Lua aparenta ter um tamanho 50% maior do que quando está por cima de nós. Esta é uma enorme diferença de aparência!
Os motivos têm a ver com uma ilusão ótica, e como tal, a Lua realmente parece muito maior.

Ou seja, recapitulando:
– a Lua na realidade não muda de tamanho. Mas a aparência dela vista da Terra depende do sítio onde ela está em relação à Terra.
– hoje teremos Lua Cheia, ou seja uma Lua grande no céu.
– na sua órbita normal, a Lua está hoje mais perto da Terra, o que faz com que pareça ainda maior que o habitual.
– é uma mudança não perceptível para observadores ocasionais.
– se olharem para a Lua quando ela nascer e estiver no horizonte, a somar ao tamanho aparente acima, ela parecerá ainda superior ao normal.

Conclusão: não percam a super-Lua! 🙂

Super-Lua em Córdoba, Espanha, com o Castelo de Espelho. Crédito: Paco Bellido

Super-Lua em Córdoba, Espanha, com o Castelo de Espelho. Crédito: Paco Bellido

8 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. […] os meses temos uma Lua Cheia. E todos os meses temos um perigeu. Mas os dois simultaneamente, só acontece algumas vezes por ano. Vejam neste post, 100 fotos da […]

  2. […] Já explicamos tudo sobre as super-luas: aqui, aqui e aqui. […]

  3. […] É só isto. Não há nada de místico ou de sobrenatural no fenómeno. Já explicamos este conceito, aqui, aqui, e aqui. […]

  4. […] atentado. Água. Vida. Urinar. Explodir. Calendário Lunar: 2014, antigo. Super-Lua: definição, explicação, maior Lua, terramoto. Fotos: 100 + 12 + 25. Micro-Lua. Comparação. […]

  5. […] No mês passado tivemos um fenómeno que, apesar de recorrente, é sempre excelente para se fazer fotografias: a Super-Lua. […]

  6. […] tivemos uma Super-Lua, como explicamos neste post. Neste post, mostramos 2 Luas Cheias lado a lado, num trabalho de Neil deGrasse Tyson, que nos […]

  7. […] sabem, recentemente tivemos a chamada Super-Lua nos nossos […]

  8. […] « Hoje temos Super-Lua […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.