Só teoria?

just a theory

Richard Dawkins: “A Evolução é só uma teoria? A Gravidade também é uma teoria, e não te vejo a saltar de edifícios.”

4 comentários

5 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Se a evolução se dá de forma aleatória, por meio de mutações acidentais no código genético, isso significa que todas as espécies animais e vegetais do planeta, que estão perfeitamente adaptadas aos seus respectivos nichos ambientais, o estão por acidente? Deixa ver seu entendi, todas as espécie do planeta, das maiores às menores, das mais complexas às mais simples, estão onde estão, prosperando em seus respectivos ambientes, simplesmente por mero acaso? Então, pode-se dizer que, o acaso é o verdadeiro propósito, enquanto que o propósito que todos buscam seria o mero acaso?

    1. A evolução se dá por uma combinação de dois fatores: mutação de genes e seleção natural.

      “O Bê-A-Bá da Evolução”

      http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=hfB7zRbVSmE

      A espécie humana “ganha” em média 36 novos genes por mutação a cada geração, por exemplo, independente da participação da geração anterior.

      Essa mutação pode ser boa ou ruim, ou seja, pode gerar uma diferenciação de alguma característica da espécie para o bem (melhoria dela) ou um defeito genético, causando uma doença, a morte prematura ou uma dificuldade de adaptação. Essa mutação é aleatória? Não necessariamente, o DNA é uma combinação de quatro aminoácidos somente, que se muta mas a partir de uma combinação das “mesmas letras”, que devem formar pares entre si. È uma mutação tipo camisa de força, por isso um gato nunca vai virar um cachorro nem um pássaro vai virar um elefante, mesmo que se tenha um tempo de um bilhão de anos para isso.

      Já a seleção natural envolve a interação de um ser vivo com o ambiente onde mora (alimentação, clima, condições naturais) e da interação com outras espécies.

      Darwin percebeu que uma espécie migrando para um ambiente totalmente diferente daquela que vivia em termos de clima, vegetação, alimentação, predadores vai, por seleção natural, fazer sobreviver os membros do grupo cujas características consigam viver naquela nova situação e, no decorrer de centenas de milhares de anos, isso formaria uma nova espécie.

      Outro exemplo que está no video acima: uma borboleta tem no DNA a possibilidade de mutar a cor das suas asas, aleatoriamente, isso vai propiciar que as que tenham uma cor mais parecida com as folhas do local vão ter mais chances de sobreviver, e dali 200 mil anos só restarão aquelas que estiverem mais adaptadas ao local, procriando-se e mantendo-se com o “DNA vencedor”, fortalecendo as características que mais ajudam a “enganar” os predadores e adequada à alimentação a qual pode se suprir. Os crentes, ignorantes de ciência, vão dizer que foi “design divino” a causa de existir uma borboleta tão parecida com as folhas. Engano, foi a seleção natural mais a mutação que, num processo de centenas de milhares de anos, criou aquela espécie adaptada, que pode desaparecer a qualquer rmomento com um novo predador ou mudança climática.

      Mesmo que um DNA se mute num filhote de onça criando vantagem competitiva de caça para a espécie, esse DNA pode não ser levado adiante para as novas gerações pela procriação se, em tenra idade, o animal é devorado por um crocodilo quando fosse tomar água no rio. Isso se chama seleção natural. No caso, o animal morreu antes de procriar, mas poderia ter morrido de fome numa seca. Eventos naturais e “encontro com predadores”, casuais, podem alterar, sim, o caminho evolutivo de uma espécie.

      Então o que se vê na natureza, as espécies aparentemente “adaptadas” aos seus ecossistemas, dando a impressão que isso aconteceu em dois segundos, na verdade elas não nasceram prontas, as espécies não nasceram “perfeitas”, você está só olhando a paisagem como se tira uma foto, achando que aquele “paraíso” de equilibrio e perfeição sempre existiu. O que acontece na real é que são 3,5 bilhões de anos de evolução de espécies, aparecendo e se diferenciando por mutação e seleção natural.

      A teoria da evolução explica de forma correta, eficiente, comprovada, exatamente como isso funciona, mesmo que você não acredite. SIm, a espécie humana como qualquer outra espécie tem boa parcela de causa pelo acaso, se não fosse um grande asteroide destruir boa parte da Terra e os dinossauros, há 70 milhões de anos, nós não estaríamos aqui.

      Evolução é fato, não é questão de crença ou descrença, basta conhecer e estar aberto à verdade.

  2. “Evolução é uma ciência histórica, confirmada pelo fato de que muitas linhas independentes de evidências convergem a uma única conclusão. Conjuntos independentes de dados de Geologia, Genética, Biologia molecular, Paleontologia, Zoologia, Botânica, Embriologia, Biogeografia, Anatomia comparativa e Fisiologia, Biologia do desenvolvimento,Genética populacional, sequenciamento do genoma e muitas outras ciências, cada uma dessas aponta para a conclusão que a vida evoluiu.”

  3. A evolução já foi confirmada. Não achei mais a fonte da notícia, mas uma planta de campo dos EUA foi a responsável por esta prova.
    Ela foi acompanhada por botânicos por cerca de 200 anos, de forma nativa e cultivada em laboratório, este cultivo foi feito atraves de clonagem de brotos.

  1. […] Tem excelentes efeitos especiais (CGI). Adorei quando Tyson diz que a Evolução não é “somente uma teoria“, não é uma opinião. “A Teoria da Evolução, como a Teoria da Gravidade, é um […]

  2. […] quando Tyson diz que a Evolução não é “somente uma teoria“, não é uma opinião. “A Teoria da Evolução, como a Teoria da Gravidade, é um […]

  3. […] e Causalidade. Navalha de Ockham. Falácias com Dragões. 24 Falácias Lógicas. Teoria. Só teoria. Somente teoria. Lei vs. Teoria. Energias Desconhecidas. Química venenosa. Leitura a Frio. Quero […]

  4. […] Deram-nos a conhecer este vídeo que explica a evolução de forma simples e desmistifica algumas concepções erradas sobre a teoria da evolução. […]

  5. […] Já explicamos o que é uma teoria (aqui), a diferença entre teoria, lei e hipótese (aqui), e a estupidez que é dizer que algo é “somente uma teoria” (aqui). […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.