Estátua Egípcia move-se sozinha?

Crédito: Museu de Manchester

Crédito: Museu de Manchester

A grande notícia da semana passada pela net e pela comunicação social é que uma estátua egípcia de Neb Sanu, que remonta a 1800 a.C., misteriosamente mexe-se (gira) sozinha dentro de um expositor no Museu de Manchester.
Curiosamente, roda só de dia e não de noite, e só gira 180º, como se prova pela gravação vídeo feita aos movimentos autónomos da estátua:

Serão forças ocultas em acção? Será a maldição do Deus da Morte? Será uma maldição do Faraó Egípcio? Será que a estátua vira-se de costas porque nas suas costas tem pedidos de sacrifícios? Será um sinal bíblico do fim dos tempos? Serão espíritos? Serão extraterrestres?
Sim, há “hipóteses” para todos os gostos…

Mas afinal, se deixarmos as fantasias, quais são as explicações racionais?

Ao contrário do que mostra o vídeo, o efeito na estátua é muito gradual, ao longo dos dias. Não é em poucos segundos, como pode dar a entender o vídeo.

Como diz o cientista Paul Doherty, do Exploratorium de San Francisco, a estátua pára após uma rotação de 180º porque a estátua tem um peso assimétrico: um lado da estátua pesa mais que o outro, por isso ela roda para o lado mais leve até estabilizar e parar de rodar (daí não dar a volta completa).

E como dizem Paul Doherty e o astrofísico Brian Cox, ela só gira de dia porque existem visitantes que, ao andarem, criam vibrações, promovendo o movimento da estátua não estabilizada.
Podemos ver isto por exemplo, ao ligar o liquidificador na cozinha. Se o ligarem e estiverem coisas perto em cima da mesa onde está o liquidificador, os outros objectos começam a “andar” um pouco, devido às vibrações.

Se ainda dúvidas existirem, o exterminador de ideias conspiratórias Mick West faz uma pequena experiência caseira:

Mas então, se isto é facilmente explicável pelas leis da física, porque se andou a fazer tanto sensacionalismo?
Chama-se a isso Marketing, e o Museu foi inteligentíssimo nesse aspecto: é fácil manipular as pessoas que, não tendo sentido crítico, deixam-se levar por qualquer coisa que pareça “sobrenatural”. Essas pessoas não se preocupam em saber as verdadeiras explicações para o que é misterioso, preferindo sim especulações fantasiosas. O Museu, e muito bem, fez “render o peixe” à custa dos conspiracionistas.
Com isso, o Museu conseguiu bater todos os recordes de visitantes ao Museu de Manchester.

skitched-565-20130623-160742

1 comentário

1 ping

  1. e por falar em mentiras, conspirações e curiosidades…encontrei este vídeo sobre matemática e mentira…

    http://www.youtube.com/watch?v=6XobONu5cyc#at=141

  1. […] na Lua Cheia. Efeitos Lunares. Mitos da Lua Cheia. Chemtrails. Tempestades Solares (aqui e aqui). Estátua Egípcia move-se. Grávida de Chimpanzé. Barbies Humanas. Dores nas costas e queimaduras na pele. Profecia de […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.