Oblivion

oblivion-poster

Oblivion (Esquecido) é um filme sobre uma invasão extraterrestre, onde sobressaem as ideias de escassez de recursos naturais e da dicotomia tecnologia vs. natureza.

Em 2017, a Terra é atacada por extraterrestres que supostamente andam atrás de recursos pelos planetas que invadem.
A Lua é destruída na guerra, as armas nucleares são utilizadas na guerra com os extraterrestres, etc, o que leva a que o planeta se torne praticamente inabitável para a vida.
Em 2077, o técnico Tom Cruise está no planeta (enquanto outros sobreviventes estão numa estação espacial e na lua Titã). A sua missão é a segurança (contra ETs) dos esforços para recuperar alguns recursos ainda existentes para levar para Titã. Um dos recursos mais valiosos é… água.
Ele não se lembra da invasão. A sua memória foi apagada. Mas entretanto conhece uma mulher com quem era casado antes da invasão. Quando se começam a lembrar da sua anterior vida, são capturados pelos extraterrestres.

OBLIVION-MISSION

Spoilers:

Mas afinal os invasores extraterrestres não são aquilo que se pensava. Afinal, são a resistência dos sobreviventes humanos.
O Tom Cruise afinal não é quem pensava. Não é um humano, mas sim um clone, como dezenas de outros clones dele que pululam no planeta.
A estação espacial e a colónia em Titã não são bem aquilo que se pensava. É tudo uma conspiração dos extraterrestres.
E a entidade extraterrestre controla todos (excepto os da resistência), quase ao estilo de Matrix, com supostas realidades que não são verdadeiras.

Vi este filme há um mês atrás e não gostei. Sobretudo porque tem pouca acção e deixa inúmeras pontas soltas. Por exemplo, onde estão as dezenas de Jack Harper (personagem do Tom Cruise)?
A entidade extraterrestre parece ser tão inteligente para fazer viagens interestelares, mas no final comete um erro básico de guerra: em vez de matar o Tom Cruise porque ele é perfeitamente dispensável (fazia-se mais um clone), quis falar com ele, levando a que uma bomba fosse detonada. E foi detonada bem no centro da nave extraterrestre, o que é uma falha enorme de segurança. Ou seja, o extraterrestre – como acontece quase sempre neste tipo de filmes – revela-se como extremamente burro.

Do filme, na minha opinião, safa-se a frase: Are we an effective team?
A frase, utilizada para trabalho, faz lembrar a ideia de soulmate (alma gémea) e a pergunta crucial em alguns filmes: Is she the one?

oblivion-imax-poster

11 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Gostei do filme, mas não passa de uma produção hollywoodiana a serviço da indústria tecnológica DRONS , VANT ( veículo aéreo não tripulado)… para um bom entendedor uma letra basta. 😀

  2. pois eu acabei de ver o filme e gostei bastante… pouca ação???? vcs queriam ver algo do tipo velozes e furiosos, talvez? não achei o filme parado, muito menos com pouca ação. tem ação até demais para o meu gosto… o filme tem alguns furos e deixa algumas lacunas… mas não é de tudo ruim…acho até uma ficção bem costurada (como se isso fosse possível em algum drama científico, pois todos eles são bem fantasiosos – inclusive 2001 !!) existem filmes milhões de vezes piores.. eu achei oblivion um bom entrenimento, com muita ação e movimento e uma ‘boa’ história que prende atenção até o final… existem ficções mil vezes piores… o pecado maior de oblivion talvez seja ter um ator bonitinho no papel principal (coisa que os nerds odeiam!!!… (brincadeirinha)

    • Telmo Almeida on 25/08/2013 at 16:14
    • Responder

    Gostei do filme, é claro que, imaginamos situações mediante os nossos conceitos, estes filmes “pecam” no geral por quererem nos deixar com uma sensação de vitoriosos e capazes de ultrapassar adversidades e de nos mantermos fieis, à família ao planeta tentando tudo para o proteger.
    O facto de este invasor não ser perfeito nem invencível podemos sempre especular o quanto estará esta espécie evoluída? Tomemos o caso dos primeiros exploradores, uns conseguiam vencer alguns dos animais outros sucumbiam mas no final fomos nós a dominar o planeta, este E.T. pode ter encontrado uma espécie para a qual ele não se encontrava preparado para defrontar, causado por um erro na limpeza da mente do comandante, acontece a todos nós cometermos erros em coisas que fazemos uns conseguimos resolver outros não.
    O que não gostei no filme, saber que milhares de Comandantes invadiram a terra, completamente desnecessária esta frase e esta situação, com o poderio bélico do invasor e com as forças terrestres em completa ruptura os droids fariam o papel sem grandes problemas até porque são máquinas de guerra bastante eficazes.
    Agora não me lembro mas desde que vi o filme tento recordar-me, este conceito dos clones já foi explorado num outro filme em que o astronauta está numa nave de mineração e que começa a colocar em causa o seu estado e a revoltar-se contra a situação ( ????) , sei que é vago mas é o que me lembro, curioso que também aqui ele estava a dias de ser substituído, parece que a clonagem não é eficaz nos humanos especialmente quando estão a semanas de serem rendidos 😛 porque vão sempre buscar as memórias.

  3. Mas pessoal, como os ET’s com sua superioridade tecnológica não conseguiram identificar a capsula com os hibernados antes para matar a mocinha? Outro furo grotesco.. No mais, gostei do filme!!

  4. Eu acho que os E.Ts deixarem ele entrar na central já fazia parte do plano de deixa-lo mais por fora de tudo, se percebe quando no final do filme, os a câmara dele cai exatamente no lugar onde caiu a que ele encontrou, o que fez a falha, foi ele levar o velho(não lembro o nome), no lugar da moça, e quebrando o ciclo.

    • Samuel Junior on 06/07/2013 at 21:16
    • Responder

    Exatamente, a única coisa preciosa que temos no nosso planeta de fato é a vida. Agora falar de recursos, existem infinitas quantidades de recursos espalhadas pelo universo, não tem sentido eles virem aqui só pra extrair recursos.

  5. O problema com esse tipo de filme, que se baseia numa invasão à Terra, é que não há motivo lógico para essa invasão. Desencadear uma guerra em um planeta distante por recursos que estão disponíveis gratuitamente no universo em asteroides, cometas e planetas onde não existem seres inteligentes o bastante para oferecer alguma resistência, não faz o menor sentido. Não há lógica. Esse tipo de motivação de invasão alienígena é baseada num conceito que há muito já foi desmascarado….o geocentrismo…a divina origem que se atribui à Terra e ao ser humano…Sem falar que a maioria dos filmes retrata os ETs com comportamentos humanos….assim como vc comentou Carlos, que em vez de exterminar o tal paladino humano, o que seria o caminho mais simples e lógico, permitiu uma quebra de segurança que levou à derrocada do ET.
    Assim como eram os deuses são os ETs…..

    🙂

  6. As dezenas de Charles Harper estão combatendo humanos em zonas delimitadas, que cada um deles foi lembrado a não entrar por causa do alerta radioativo, que é falso.

    1. Assim que o ET foi morto… eles ficaram “libertos”, tal como aquele que aparece na “quinta” 🙂

        • Jonas on 07/07/2013 at 05:41

        Ahhh.. agora entendi, você coloca a questão para depois do fim dos alienígenas, onde os “Cruises” ficaram?

        Mas o filme não precisava ir adiante nisso, só mostrar que depois da explosão, o “Cruise” mais perto apareceu e isso levou anos, talvez por falta de combustivel, dificuldade de locomoção, etc.. Cabe salientar que mesmo com problemas operacionais com o fim dos ETs, todos continuaram imaginando que não podiam cruzar a área delimitada.

        Também achei o final surreal. Enganar os ETs daquele jeito simplório não me pareceu coisa de roteiro inteligente, aliás, ideia copiada de Independence Day.

  7. Pois…more of the same.
    Continuamos a olhar para o umbigo.
    Se eu fosse ET, vinha-me mesmo enfiar no meio dos “índios” para ir às compras….
    Podem ficar à espera!

  1. […] Contacto. Gattaca. Os Eleitos. Prometheus (aqui). Apollo 18. Star Trek Into Darkness. Elysium. Oblivion. Relatório de Europa. Infectados. Moon. Ender’s Game. A Coisa. Hora Mais Negra. The Happening […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.