Marvel e Natalie Portman criam programa para garotas interessadas em ciência

nextjane

A Marvel Studios está buscando por sua nova “Jane Foster”. A personagem do filme Thor e do vindouro Thor: O mundo Sombrio é uma astrofísica interpretada por Natalie Portman. a atriz diz que gosta de interpretar uma cientista e acredita que é uma ótima ideia encorajar garotas a entrarem para a ciência. A partir disso surgiu então o Ultimate Mentor Adventure, programa que colocará jovens interessadas em campos STEM (tecnologia científica, engenharia e matemática) em contato com mulheres bem sucedidas nesses campos. Elas poderão fazer perguntas e receber conselhos de mulheres que já trilharam esse caminho.

Para entrar no programa, é preciso a garota ter 14 anos ou mais e estar cursando “grades” 9-12 (acho que depende muito do país, mas no Brasil seria o equivalente, guardadas as devidas proporções, ao ensino médio). Uma vez completo um formulário de inscrição, a jovem encontra uma mulher trabalhando num campo STEM de sua área (A Marvel disponibiliza recursos para ajudar a encontrar a profissional que a garota precisa). Finalmente, a jovem cria um vídeo sobre ela mesma e envia. Os melhores vídeos ganharão uma viagem para Los Angeles para ver o filme (Thor: O Mundo Sombrio), participar de um documentário e participar do por trás das cenas de lugares como a Disney.

As inscrições vão até 20 de Outubro e, infelizmente, são apenas em nível nacional (nos EUA) e podem ser feitas no site do programa. Mas, como fã de quadrinhos e entusiasta da divulgação científica, é ótimo ver um estúdio com grande apelo popular como a Marvel incentivando garotas interessadas em ciência a seguir carreira. No fim das contas, é uma campanha publicitária para vender o filme, é verdade, mas também é de grande ajuda para a divulgação científica. Vale lembrar que Natalie Portman, além de atriz ganhadora do Oscar, também é formada em Psicologia pela Universidade de Harvard.

Para mim, ficção e a fantasia podem ser ótimas aliadas na divulgação científica, e esta iniciativa só mostra o quanto as histórias de super-herói podem ajudar nesse sentido. Eu mesmo conheci a ciência aos 6 anos de idade, através de um arco de histórias em quadrinhos chamada Crise Nas Infinitas Terras. Conheço o conceito de multiverso desde aquela época e, desde então, nunca mais deixei de me engajar em ciência.

Aproveite e confira o trailer de Thor: O mundo Sombrio:
http://youtu.be/F-M7AgRpBj4

1 comentário

2 pings

  1. Excelente! 😀

  1. […] Fonte: AstroPT […]

  2. […] Fonte: AstroPT […]

Responder a Carlos Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.