Nascimento Borbulhante de uma Estrela

Observações conjuntas do Telescópio Espacial Spitzer e do ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) no Chile, revelaram os primeiros momento de um nascimento estelar no objecto conhecido como HH 46/47. Crédito da imagem: NASA/JPL-Caltech/ALMA

Observações conjuntas do Telescópio Espacial Spitzer e do ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) no Chile, revelaram os momentos intensos de um nascimento estelar no objecto conhecido como HH 46/47.
Crédito da imagem: NASA/JPL-Caltech/ALMA

Objectos Herbig-Haro (HH) são pequenas nebulosas brilhantes que se formam ao redor de estrelas recém-nascidas. A dinâmica destes objectos está normalmente escondida devido ao gás e à poeira que rodeia estes eventos. No entanto, as observações em comprimentos de onda de infravermelho do Spitzer e submilimétricos do ALMA permitiram ver por entre a poeira cósmica.

As observações mostram dois jactos gémeos que saem da estrela central e formam dois lóbulos borbulhantes.
HH 46/47 encontra-se na periferia da sua nuvem envolvente, o que leva a que os jactos passem por dois ambientes diferentes. O jacto que se dirige para a direita passa por muito mais material do que o jacto que se dirige para a esquerda. Isto permite aos cientistas estudarem melhor como os jactos interagem com os seus ambientes.

Este estudo também permitiu perceber que o gás que se encontra nos lóbulos está a expandir-se mais rapidamente do que se pensava anteriormente. Esta expansão mais rápida gera mais turbulência na nuvem que rodeia o nascimento desta jovem estrela.

1 ping

  1. […] – Estrelas: Nascimento (Lagarta Cósmica, Objectos Herbig-Haro). Mais antiga. HIP 102152. Zircónio. W1-26. Canis Majoris. V838 Monocerotis. Fomalhaut C. Pleiades […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.