O cometa de Schrödinger – está vivo, está morto, está vivo…

science-cat-720p.blocks_desktop_tease

Na experiência mental de Schrödinger, o gato estaria vivo e morto, sendo que só saberíamos a resposta após vermos dentro da caixa.

O cometa ISON parece o gato de Schrödinger.
Primeiro, parece um gato, que faz o que lhe apetece e não aquilo que esperamos.
E em segundo lugar, ninguém sabe se está vivo ou morto, até que o passamos ver. Porventura, estamos na fase em que o cometa está vivo e morto simultaneamente…

Nas últimas semanas, o cometa ISON aumentou consideravelmente o seu brilho. Parecia que íamos ter um espectáculo fantástico.
Ontem, ao aproximar-se do Sol, diminuiu bastante o seu brilho.
Nas imagens que fomos vendo durante a noite, tiradas pelas sondas espaciais, percebeu-se que já não tinha núcleo. O cometa desintegrou-se e daí não aparecer sequer aos “olhos” da SDO.
No entanto, algo brilhante apareceu após a passagem pelo Sol. Provavelmente seriam os fragmentos do núcleo, que gradualmente iriam perder o brilho…
Só que, o brilho não só se manteve, como esse núcleo ficou mais brilhante. Para juntar ainda mais “achas para a fogueira”, a cauda do cometa parece estar em crescimento, como se ele tivesse um núcleo normal. Ou seja, parece que parte do núcleo terá sobrevivido.

Vejam a última imagem, feita esta manhã, onde se vê claramente o brilho da “cabeça” do cometa:

latestazul

Ou seja, o que se sabe:
– parece que uma porção do núcleo poderá ter sobrevivido. Ninguém sabe se isto é verdade, e caso seja, ninguém sabe qual o tamanho desse núcleo.
– caso exista um núcleo (não se sabe se existe), ninguém sabe quanto tempo durará. Amanhã pode levar com uma CME e acaba-se o cometa rapidamente.
– supondo que até sobrevive alguns dias (caso tenha núcleo, que não se sabe), não se sabe se será visível no céu.
– se for visível no céu (caso tenha núcleo, que não se sabe), ninguém sabe qual será a magnitude dele.

Isto é simplesmente fantástico! 😀
Poderia se pensar que isto é frustrante para os cientistas. Mas é precisamente o contrário. Os melhores momentos são quando nada se sabe e todas as previsões dão errado. É nessas alturas que a adrenalina científica começa a fazer efeito, porque é preciso descobrir as respostas 🙂

Resumindo tudo o que se sabe sobre o cometa ISON neste momento (fantástico sumário que li no Twitter Sungrazer Comets): Talvez tenha sobrevivido. Talvez tenha morrido. Talvez tenha simultaneamente sobrevivido e morrido.

Espero que o artigo tenha sido claro e que tenha as respostas que procuram 😀

ison-post-peri-tweet

5 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. “Espero que o artigo tenha sido claro e que tenha as respostas que procuram”

    Melhor, tem muitas perguntas. E quase sempre são mais emocionantes que as respostas!

  2. Alguém que abra a caixinha, faz favor, que eu estou ansioso para ver se o bicho está vivo ou morto 😉

  3. Realmente, Ison é como um gato, totalmente independente e nunca segue o óbvio. Some por um período, parecendo ter morrido e de repente, surge mais arteiro do que antes.

  4. Bela matéria Carlos Oliveira!
    Sou de Ivinhema, Brasil

    Abraços!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.