Pântanos em Titã?

Crédito: Neish/Florida Institute of Technology

Crédito: Neish/Florida Institute of Technology

A superfície de Titã tem poucas (61) crateras de impacto, devido a ter uma atmosfera que provoca a erosão das crateras.
No entanto, existe uma disparidade: existem mais crateras de impacto nas terras altas que nos terrenos mais baixos. Uma nova explicação propõe que as terras baixas poderiam ser pantanosas, fazendo com que as crateras desapareçam rapidamente.

2 comentários

1 ping

  1. É um astro interessantíssimo que além de tudo tem a mais bela paisagem do céu, que são os anéis de Saturno.

    No filme “Oblivion” teriam lançado uma nave para Titã em dois mil e trinta e poucos.
    E os astronautas precisaram usar tecnologia criogênica para suportar o tempo da viagem.
    Mas ocorreu um problema (no filme explica) e a nave acabou retornando a Terra só depois de 60 anos..

    Mas daí, será que tem Sapos de plástico-orgânico nestes pântanos?

  2. Ou também os propostos vulcões de gelo podem ser mais ativos do que pensamos…
    Também é um mundo de atmosfera bem densa junto à superfície e tem chuvas associadas a uma baixa gravidade – o terreno alagado (por metano e etano) é bem provável… No entanto, também formam-se bastante dunas de grãos de hidrocarbonos moldadas por ventos, que também podem cobrir crateras…

    Esse sem dúvidas é meu mundo favorito em todo o sistema solar, quem não gostaria de ser astronauta e ir lá ver?

  1. […] favorito, superfície arenosa ressequida, lagos, lagos, Ligeia Mare, rios, mares, lagoas, pântanos, oceano interior, Terra Média, Terra Média). Encélado (notícias, geysers). Mimas. Prometeus. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.