Primeval

primeval-thumb-1280x720

Primeval (Invasores Primitivos, no Brasil, e Tempos Primitivos, em Portugal) é uma série televisiva que lida com anomalias temporais – portais que permitem que os seres vivos transitem do passado, para o presente e para o futuro e vice-versa.

Andei a ver esta série que teve somente 5 temporadas, num total de 36 episódios.
Vi a série porque a ideia subjacente é incrivelmente prometedora. Poderia ser uma série fantástica, já que tem um enorme potencial para histórias. Infelizmente, deixou muito a desejar.

Gostei:
– de ligarem a mitos, especialmente do Egipto antigo.
– de mostrarem algumas criaturas do futuro.
– de terem mudado alguma coisa do presente, ao modificarem coisas no passado. Exemplo, a personagem Claudia Brown passa a ser diferente.
– de surgir no presente uma mulher do passado, ao atravessar uma anomalia.
– de surgir no presente um homem do futuro, ao atravessar a anomalia.
– de matarem algumas das personagens principais.

Não gostei:
– todos os episódios são parecidos: criaturas passam as anomalias e vêm ter ao presente onde uma equipa espera-as.
– não existe imaginação nos episódios. O potencial que têm, perdeu-se.
– todas as anomalias aparecem na Inglaterra. Quando se viaja no tempo também se viaja no espaço, já que a Terra viaja pelo espaço, por isso uma anomalia num local milhões de anos depois esse local encontra-se a biliões de quilómetros de distância. Na série, nada disso é compreendido. Pelo contrário, as anomalias aparecem até numa pequeníssima parte da Terra chamada Inglaterra.
– a parte científica da série é um desastre.
– no último episódio dizem que começam a aparecer mais anomalias devido a nesse dia existir uma reversão dos pólos. Nem sequer entendem que esse é um processo gradual que demora milhares de anos.
– a parte humana também é péssima. Eles tentam estudar as anomalias, mas parece “magia”. Não tentam sequer estudar o tempo. Nem sequer estão interessados em estudar outros períodos temporais para compreendê-los melhor. Pior do que isso, como é que nem sequer há abusos e transgressões temporais graves constantemente? Nem parecem humanos…

Enfim, dá para passar o tempo, mas em geral não gostei.

primeval-season-3-rolling-gallery-episode-1-mar09-gallery-8

2 comentários

  1. A série é ótima e eu discordo da falta de criatividade.

  2. A lenda dos Annunaki daria uma ótima série de televisão ou filme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.