Yutu completa primeira fase da sua jornada na superfície da Lua

Yutu_ChangE_3_221213O robot chinês Yutu visto pela Chang’E-3, a 22 de Dezembro de 2013.
Crédito: CNSA.

Começou a tão aguardada viagem do pequeno explorador lunar Yutu nas vastas planícies basálticas de Mare Imbrium. No dia 20 de Dezembro, o robot chinês acordou de uma pequena “sesta” de alguns dias e moveu-se em redor da Chang’E-3 para completar uma última sessão fotográfica envolvendo os dois veículos.

ChangE_3_Yutu_231213A sonda Chang’E-3 numa imagem obtida pelo robot Yutu, no passado fim-de-semana.
Crédito: CNSA.

“Até agora foram obtidas dez fotografias em cinco pontos distintos, e todas elas ultrapassam as nossas expectativas”, afirmou no passado Domingo à CCTV Wu Weiren, responsável do programa Chang’E. “O rover moveu-se num semicírculo em redor do veículo de alunagem. Mais tarde, os dois irão dar início à exploração científica da geografia e da geomorfologia do local de alunagem e áreas vizinhas, e de materiais, como minerais e elementos, que aí poderão ser encontrados. Iremos também explorar áreas 30 a 100 metros abaixo do solo lunar. A exploração será mais longa do que tínhamos planeado, porque todos os instrumentos e equipamentos estão a funcionar muito bem.”

mapa_ChangE_3_Mare_Imbrium_Lua_231213Rota seguida pelo robot Yutu desde a sua chegada à superfície da Lua, a 14 de Dezembro de 2013.
Crédito: CNSA/NASA/GSFC/ASU/Phil Stooke.

No Domingo, o Yutu abandonou definitivamente o local de alunagem, embarcando numa curta jornada de 18 metros em direcção a sul. A viagem foi, entretanto, interrompida, devido à chegada da longa noite lunar.

De acordo com a agência noticiosa Xinhua, anteontem, ambos os veículos entraram em hibernação, devendo ser reactivados dentro de 12 dias, quando o Sol surgir acima do horizonte. Esta segunda paragem é motivada não só pela falta de luz solar, mas também pelas baixíssimas temperaturas que assolam o local de alunagem durante a noite, temperaturas que deverão ser inferiores a -180 ºC.

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. As fotos são parecidas com as tiradas pelas Missões Apollo.

    1. Verdade, Braulio.Parecem sem definição!!

      1. Olá Cleber,

        O seu comentário diz respeito a qual das 3 imagens?

    2. As imagens foram obtidas na superfície da Lua. Isso justifica a sua semelhança com as imagens das missões Apollo. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.