Urano, 28 anos depois

Imagem de Urano, obtida pela Voyager 2

Imagem de Urano, obtida pela Voyager 2

A 24 de Janeiro de 1986, a sonda Voyager 2 passava a somente 81.000 km de distância do planeta Urano.
Foi a primeira e última vez que uma sonda construída pelo Homem visitou o 7º planeta a contar do Sol.

Este “abraço planetário” permitiu a descoberta de 10 pequenas luas e de um campo magnético.

Leiam mais informações sobre esta visita espacial, aqui.

Urano, fotografado pela Voyager 2

Urano, fotografado pela Voyager 2

5 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Ps: além de que é uma boa maneira de explicar a astrobiologia às crianças 🙂

  2. Interessante!

    Dr. Carlos Oliveira, não sei se ainda viu este documento online criado pela Nasa, mas tendo em conta que se trata da sua área de estudo, penso ser interessante partilhar:

    http://astrobiology.nasa.gov/media/medialibrary/2013/12/Issue4-25MB.pdf?utm_content=buffer5f6ee&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer

    Abraço a todos 🙂

    1. Sim, obrigado por partilhar 🙂

      Sim, já conhecia, é do NAI 😉

      abraços! 🙂

  3. Eu também acho Urano um planeta interessante. Para mim, o que desperta menos curiosidade é Mercúrio. Até Plutão, que já nem é mais classificado como planeta, considero mais interessante do que ele. E o que mais me chama atenção é Júpiter. Não só por sua mancha vermelha, mas por várias outras coisas, como sua magnetosfera.

  4. Todo mundo acha esse Planeta o mais sem graça de todos. Eu ainda o acho interessante e singular, e tem mistérios a revelar… Sinto que Urano ainda vai rir por último 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.