Revelado o poder extremo do buraco negro em RX J1532.9+3021

The black hole is in a galaxy cluster located about 3.9 billion light years from Earth.

RX J1532.9+3021 é um aglomerado de galáxias que se encontra a cerca de 3.900 milhões de anos-luz de distância da Terra.
No seu centro, existe uma galáxia elíptica que tem um dos buracos negros supermassivos mais poderosos do Universo conhecido.

Este monstro cósmico está a criar enormes estruturas (cavidades) de gás quente ao seu redor, o que impede a formação de bilhões de estrelas,
Estas gigantescas (100 mil anos-luz de diâmetro) cavidades em expansão são formadas pelos jactos supersónicos saídos do buraco negro e que empurram o gás para os lados.

Leiam em inglês, aqui, aqui e aqui.

rxj1532_525_labeled

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. E estes são os maiores da atualidade?

    Segundo eu sei os maiores até agora são da “NGC 3842” e da “NGC 4889” que teriam 9,7 milhões de massas solares.
    Mais detalhes aqui => http://forum.intonses.com.br/viewtopic.php?p=185481#p185481

    A título de curiosidade, eles teriam uma massa equivalente a “So” na minha proposta de classificação unificada.

  2. Claro!! Não estava a ver o importante que è terem descoberto a razão do porquê não verem nada nesses sítios!! Wow!!
    Boa!! Parabéns!! 🙂
    Obrigada Carlos 🙂

  3. Não percebi o alcance da descoberta. È mau ou bom? Quais são as consequências que isso tráz para as galáxias próximas e para o Universo em geral? Desculpe a ignorância da pergunta mas fiquei curiosa e não estou de maneira nenhuma a querer tirar nenhum mérito à fantástica descoberta que só por si è genial e envolveu tanto trabalho.

    1. Descobrirmos algo no Universo que desconhecíamos, é sempre bom 🙂

      Não tem consequências para nós. No entanto, permite-nos compreender melhor a formação estelar. O porquê dela não ocorrer tanto em certos sítios.

      Por exemplo, nesta área de aglomeração de galáxias, pode-se pensar em inúmeros planetas. No entanto, naquelas zonas de cavidades, que são tão grandes como a nossa galáxia, nada existe, nem planetas nem estrelas, devido à acção do buraco negro 😉

      abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.