Um relógio astronomicamente fantástico

Uma verdadeira obra de arte, a valer quanto uma obra-prima pode valer. Para quem quer saber quando Júpiter estará alinhado com Marte…

image

image

image

image

Van Cleef & Arpels tem um relógio que diz isso. É o novo relógio “Midnight Planetarium Poetic Complication” que tem seis discos que rodam, cada um com uma pequena esfera que representa cada um dos planetas visíveis a olho nu.
Os discos rodam a diferentes velocidades de maneira a que cada revolução à volta do centro, é o tempo que o planeta que a esfera representa demora a percorrer a elipse – Mercúrio, Vénus, Terra, Marte, Júpiter e Saturno – à volta do sol.

Mercúrio em 88 dias, Vénus em 224, Terra um ano, Marte em 687 dias, Júpiter em 12 anos e Saturno em 29 anos.

É um relógio extremamente complexo e uma obra prima da relojoaria. As horas são indicadas pelo símbolo da estrela cadente, e entre cada hora podem contar-se três pequenas marcas, referentes à meia-hora e aos dois “quartos”. Como se trata de alta relojoaria, os planetas estão representados por pedras preciosas e semi-preciosas. Além do que se vê nas fotos, há uma versão ainda mais extravagante feita com diamantes.

O módulo planetário tem o seu design assinado por Christian van der Klaauw, conhecido pelos seus movimentos que representam indicações astronómicas. O sistema de movimento é “self-winding”, ou seja, não precisa de pilha nem de corda manual, e o sistema é composto por 396 componentes. A caixa tem 44mm de diâmetro e é feito em ouro rosa (que se obtém de uma mistura de ouro puro 75% (24 quilates) com outras ligas metálicas vermelhas 25%, nomeadamente o cobre).
Preço? Perto de €180 000, a versão com diamantes vai para os €240 000.
Quem ganhar o euro-milhões, ou que me queira ver com um sorriso de orelha a orelha durante um bom bocado é oferecer-me esta “masterpiece”.

Imagens e texto (traduzido e adaptado) daqui: http://www.itsokaytobesmart.com/post/74681366366/wrist-orrery-watch

Em 2008, também houve um relógio a dar que falar, relativo à astronomia, mas bem menos complexo. Indicava apenas se era de dia ou de noite :). Cá está ele: http://www.watchtime.com/watch-database/romain-jerome/day-night/rose-gold


A obra prima e as características resumidas no vídeo da marca:

12 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • paulo giovano on 28/04/2014 at 11:51
    • Responder

    Se não me engano a cerca de 2000 anos atrás fui perdido durante um naufrágio, um mecanismo similar muito avançado para a época o ” mecanismo de anticitera” se puderem por ,publiquem um artigo detalhado sobre ele ainda não possuo ensino superior mais sou bastante fascinado por física matemática e historia e tenho um grande interesse por astronomia.

  1. Gostaria de um relógio de parede que funcionasse da mesma forma. Jamais teria coragem de colocar algo assim tão caro e legal no pulso. Não iria querer correr riscos de fazer algo que pudesse estragá-lo.

  2. Um belíssimo artigo, jovem Cristóvão.

    1. Obrigado amigo Cavalcanti, mas mais não fiz que adaptar 🙂
      Um abraço

  3. Como nem posso sonhar com um deste, me conformo com o stelarium.

  4. É mesmo fantástico 🙂

    • José Simões on 28/01/2014 at 20:16
    • Responder

    Duvido da precisão de tal instrumento.Mesmo só considerando as posição relativas.

    1. Duvida do funcionamento mesmo pelo humilde valor de 180 mil Euros?

  5. Também quero!!!! 😀

  6. WOW!!!!!! magnífico!!! Adoro!!! Obrigada pela Partilha!

    • Paulo Gonçalves on 28/01/2014 at 20:00
    • Responder

    Sublime! me wants!!! 😀

  1. […] 35 – Natal: prendas, Pai Natal, dia, digital. Relógio. […]

Responder a José Simões Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.