Grande asteroide vai bater hoje na Terra?

asteroid

O asteroide 2003 QQ47 foi descoberto a 24 de Agosto de 2003. Na altura, as análises preliminares à sua órbita mostraram que ele tinha alguma probabilidade (1 em 250 mil, ou seja 0,004%) de bater na Terra a 21 de Março de 2014. A própria NASA informou-nos disto, aqui.

Este asteroide é grande, com 1,24 km de diâmetro, logo a colisão iria ter certamente consequências desastrosas! Teria certamente um efeito global e iria exterminar muitas espécies – além da enorme quantidade de mortes que sofreria a Humanidade, os sobreviventes iriam, no mínimo, perder todos os confortos da sociedade moderna.

No entanto, como tem acontecido sempre com estes casos, após alguns meses/anos a revisar os dados orbitais, ou seja, compilando mais informações, conseguiu-se prever detalhadamente a sua rota, e sabe-se que não há qualquer hipótese de ele bater na Terra. A hipótese de impacto é 0.

Infelizmente, alguns websites continuam a divulgar a informação inicial… de modo a assustar as pessoas e ganharem alguns likes.

Sabe-se agora com absoluta certeza que o asteroide 2003 QQ47 irá passar muito longe da Terra (distância de 0,1283 AU ou seja mais de 19 milhões de quilómetros de distância) no dia 26 de Março de 2014 (na próxima 4ª feira).

11 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Perder os confortos da sociedade moderna, seria uma nova idade média, só que um pouco mais desenvolvida?

    Entraríamos em um apocalipse onde homem mata homem?

    Onde poderíamos ficar para sobreviver?

    Desculpe o pânico, mas fiquei aflita!!!

    • rodrigo diniz on 22/03/2014 at 02:20
    • Responder

    q curriculo hein dr carlos oliveira!!! me interesso por astrobiologia apesar de não saber muita coisa, tem alguma publicação acessivel sobre o assunto que possa divulgar? abraço!

    1. Tenho muitas 🙂

      Tem que procurar nas categorias Astrobiologia e Carlos Oliveira 😉

      abraços!

  2. 0,004% já não é virtualmente impossível?

    1. 1 em 250 mil quer dizer um numero bastante baixo, mas não 0 😉

  3. opa, humanidade vem tendo sorte até o momento hein! nenhum impacto de média-grande proporção até o momento, por quanto tempo mais teremos essa sorte hein? rsrsrs

  4. Carlos, perdão por desviar um tanto do assunto, mas não encontrei outra maneira de entrar em contato com você para um breve esclarecimento.

    Enfim, pretendo nortear minha carreira científica em Astrobiologia, e ainda não estou tão convicto a respeito em qual área irei me aperfeiçoar através da pós-graduação. Quais as áreas você acha, hoje, que seria mais adequada e que detém maior objetividade na astrobiologia? Bem, tenho uma grande inclinação a seguir na bioquímica, mas a microbiologia e a biologia molecular me chamam bastante atenção também. Vi inclusive que a maior parte do corpo de pesquisa do Instituto de Astrobiologia aqui do país, em sua vertente biológica, é predominantemente oceanógrafa.

    Desde já, agradeço!

    Abraços.

    1. Se já tem propensão para a bioquímica, então é isso que lhe sugiro 🙂

      Já conhece o trabalho da doutora Zita Martins, por exemplo?
      http://www.imperial.ac.uk/AP/faces/pages/read/Home.jsp?person=z.martins

      Ela, melhor que ninguém, pode-o ajudar em termos de oportunidades e dificuldades nessa área 😉

      abraços!

    2. Carlos, muito obrigado pela recomendação. Realmente desconhecia o trabalho da doutora, e acredito que será de grande proveito um contato para esclarecimentos.

      Abraços! E obrigado pela atenção!

      😀

  5. Prezado Dr. Carlos Oliveira,

    Desculpe minha ignorância no assunto, mas será possível visualizar o astro riscar os céus do hemisfério sul? Mais precisamente o céu baiano?

    Grato!

    1. O asteroide vai passar muito longe da Terra 😉

      Não sei se alguém irá fazer a transmissão online da passagem… talvez o slooh… não sei… temos que esperar 😉

      abraços!

  1. […] mentiras. Lista + 10 + 11 + infografia. Ig Nobel. 1910. 2008. 2010. 2010. 2011. 2012. 2013. 2014. 2014. 2016. 2017. 2019. 2020. 2021. 2023. 2027. 2032. 2036. 2040. 2060. 2061. 2110. 2182. 2880. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.