Chuva de Estrelas esta noite: Eta Aquarídeas 2014

Nesta madrugada e na próxima madrugada temos a maior intensidade da chuva de meteoros conhecida como Eta Aquarídeas.
Como as estrelas cadentes terão um radiante na constelação Aquário, e como esta constelação só aparecerá nos céus portugueses nas horas que antecedem o amanhecer e nos céus brasileiros a meio da noite, então essas serão as melhores horas para assistir a este espetáculo celestial.

A causa desta chuva de meteoros é o cometa Halley.
Numa das suas passagens pelo sistema solar interior, deixou alguns detritos na nossa órbita. Quando a Terra passa por esse local da sua órbita, esses detritos entram na nossa atmosfera e vemo-los como estrelas cadentes.

O céu de Brasília, esta madrugada, às 5 da manhã. Assinalada a constelação Aquário, com o planeta Vénus perto.

O céu de Brasília, esta madrugada, às 5 da manhã. Assinalada a constelação Aquário, com o planeta Vénus perto.

Qualquer pessoa pode ver estrelas cadentes.
Não é preciso qualquer equipamento (binóculos ou telescópios). Bastam os nossos olhos.
É, no entanto, aconselhável que procurem céus escuros (sem poluição luminosa).
Em condições ideais, nestas noites poderão ver cerca de 30 estrelas cadentes por hora.

De referir também que no Brasil existe uma maior probabilidade de ver um maior número de meteoros. Isto deve-se a duas razões: a constelação Aquário aparece a meio da noite (quando ainda está escuro) e esta chuva de meteoros tem uma maior visibilidade no hemisfério sul.

Para verem que constelações estão no vosso céu, consultem o Heavens-Above.
Coloquem a vossa morada (a cidade mais próxima donde habitam) onde diz “Configuração – Altere o seu local de Observação”, depois confirmem essa configuração, e a seguir cliquem onde diz “Astronomia – Mapa do céu”. Ficarão com o vosso mapa do céu no exato momento em que fizerem isto. Mudem depois em baixo a data ou as horas, para poderem ver onde e quando a constelação Aquário estará no vosso céu.

Leiam mais sobre este assunto, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

Esta noite o Marshall Space Flight Center, da NASA, vai transmitir um live webcast sobre esta chuva de meteoros:



Live streaming video by Ustream

Esta noite o Slooh também vai transmitir este evento:

4 comentários

2 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Olá, Carlos, minha pergunta não tem nada a ver com o post, mas explico.

    Já a algum tempo tenho lido materiais na internet sobre o “Black Knight”, um objeto que, supostamente, orbita a terra e some e reaparece em intervalos regulares. Pois bem, não sou de acreditar em coisas sem comprovações e todos os materiais que li se referem a teorias conspiratórias, alienígenas e diabo-a-quatro

    Por isso considerei perguntar aqui, já que admiro no teu trabalho e confio nas tuas afirmações, sempre combatendo mistificações.

    Como não sou do meio científico e, sendo o “Black Knight” um assunto que me intriga, desconfio até de sua existência, já que nunca li nada confiável, de fonte científica, sobre ele.

    Se puderes me esclarecer, já agradeço.

  2. Olá, obrigado pelo site, tem sido uma enorme fonte de conhecimento para mim.

    Tirei há dois dias umas fotos do céu, onde se vê um rasto e trajectória muito estranho. Gostava de saber a sua opinião sobre os mesmos. Serão rasto de meteoritos de que fala a notícia?

    Se estiver interessado eu envio as fotos ou então pelo meu facebook onde as publiquei (mesmo nome NunoMvs)

    Cumprimentos e obrigado,

    Nuno

    1. Nuno,

      Deixe as fotos no nosso mural de Facebook e eu peço a algumas pessoas (faço TAG), especialistas neste assunto dos rastos, para lhe darem algumas possíveis explicações 😉
      https://www.facebook.com/astropt

      No entanto, deixe algumas informações sobre essas mesmas fotos: tipo de câmera, exposição, local onde tirou, em que direção tirou as fotos, a direção dos objetos que fizeram os rastos, etc…. todas as informações que pense serem relevantes para se poder ter uma ideia mais consistente sobre o fenómeno 😉

      abraços!

  1. […] passado dia 6 de Maio tivemos a chuva de meteoros Eta Equarídeas. Na altura, publiquei este artigo sobre o […]

  2. […] – Chuvas de Meteoros: Quadrantidas (2014, 2012). Líridas (2014, 2013, 2012). Eta Aquarids (2014, 2013, 2011, vídeo). Perseidas (2013, 2011 (aqui), 2010, 2009). Dracónidas (e aqui). Leónidas. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.