Fim do Mundo devido ao cometa Halley

halley

A 19 de Maio de 1910, o cometa Halley passava perto da Terra. Foi há 104 anos!
Uma enorme cauda do cometa estendia-se por grande parte do céu.

Os maus jornalistas e os jornais sensacionalistas ajudaram a vender as estórias de fim do mundo, nomeadamente de que o cometa iria colidir com a Terra e de que os gases da cauda do cometa eram nocivos (venenosos). Assim, o destino da Humanidade estava traçado: as pessoas iriam asfixiar devido aos gases venenosos ou então as pessoas iriam levar com o cometa em cima. De qualquer dos modos, a Humanidade iria desaparecer.

Gunter Faure e Teresa Mensing dizem o que aconteceu no seu livro Introduction to Planetary Science: The Geological Perspective:
“During the night of May 18/19 of 1910, when the Earth passed through the tail of comet Halley, some people took precautions by sealing the chimneys, windows, and doors of their houses. Others confessed to crimes they had committed because they did not expect to survive the night, and a few panic-stricken people actually committed suicide. Enterprising merchants sold comet pills and oxygen bottles, church services were held for overflow crowds, and people in the countryside took to their storm shelters. A strangely frivolous mood caused thousands of people to gather in restaurants, coffee houses, parks, and on the rooftops of apartment buildings to await their doom in the company of fellow humans.”

Ou seja, na noite de 18 para 19 de Maio, quando a Terra passou pela cauda do cometa, muita gente selou as janelas, portas, e chaminés das suas casas. Alguns criminosos confessaram crimes. Algumas pessoas esconderam-se em bunkers. Muitos outros foram rezar para as igrejas. Algumas pessoas suicidaram-se. Venderam-se quantidades enormes de “pílulas para o cometa” (que supostamente salvavam as pessoas da asfixia) e máscaras de oxigénio.

Como podem ler neste livro e ver neste telefilme, em Portugal o clima de medo e terror também foi generalizado.

Nesse mesmo ano, outro Grande Cometa passou pelos céus. E novamente semeou o terror.

Já em 1861, a Terra tinha passado pela cauda de outro cometa, sem qualquer consequência.

Como diz Stuart Clark:
“Although Halley’s comet did not trigger an apocalypse, it does have something important to teach us about prophecy.
Edmond Halley astonished the 18th century world by predicting the return of the comet that now bears his name. He used Newton’s law of gravity to achieve the feat. At a stroke, he proved that science could do what astrologers and prophets had always claimed but failed to achieve: to predict a future occurrence.”

Ou seja, o Cometa Halley não levou a um apocalipse, mas ensinou-nos uma importante lição: a ciência (neste caso, a matemática de Halley) dá-nos aquilo que astrólogos e profetas sempre falharam e falharão: previu corretamente um evento futuro (a passagem do cometa).

Mas infelizmente as pessoas não aprendem, e continuam a cair nas mesmas mentiras de sempre.
O clima de medo favorece os vigaristas. Muita gente fica rica ao aproveitar-se da ignorância dos outros.

O mesmo aconteceu em 2011 com o cometa Elenin.
O mesmo aconteceu em 2013 com o cometa ISON.
E aposto que o mesmo vai acontecer em 2061, na próxima passagem do cometa Halley. Os vigaristas vão continuar a “vender o medo”, e muita gente vai continuar a cair nas mesmas mentiras de sempre, sem nada aprenderem.

O mundo evoluiu, mas muita gente continua e continuará com a mentalidade ignorante e medrosa da Idade das Trevas.

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Claro concordo atlantida não existiu afinal é só um livro eu só queria saber obrigado 😉

  2. Sim concordo atlântida não existiu mas era só um livro obrigado 😉

  3. Vc já leu o livro MORTE NA ATLANTIDA de Clive Cussler? No primeiro capítulo fala do impacto de um cometa que matou 85% da vida na terra isso foi verdade? No livro fala que quando estava já na atmosfera o cometa tinha 16 km de largura e 4 bilhões de toneladas! me desculpe se não é o lugar certo para feser essas perguntas

    1. A Atlantida não existiu. O que aparece em livros pseudos, vigaristas, não conta como conhecimento científico.

      Existiram 5 extinções em massa nos ultimos 500 milhões de anos. Só se sabe a causa de uma: há 65 milhões de anos, a causa principal foi um cometa.

      abraços

Responder a Carlos Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.