Wan Hu

Já ouvi esta história inúmeras vezes. Cá fica o texto da wikipedia (não ignorem as fontes no final):

Crédito:  United States Civil Air Patrol

Crédito: United States Civil Air Patrol

“Wan Hu (possivelmente 萬虎 ou 萬戶) foi um funcionário da corte durante a dinastia Ming que, segundo a lenda, foi o primeiro astronauta, tendo viajado à Lua por volta do ano 1000.

De acordo com a lenda, Wang Hu queria chegar à Lua. Para isso, amarrou à sua cadeira duas grandes pipas, por sua vez presas a vários foguetes a pólvora. Sentado nesta espaçonave artesanal, no alto de uma colina, mandou que seus servos acendessem os foguetes. Houve uma grande explosão e, quando a fumaça se dissipou, Wan Hu e sua cadeira voadora haviam desaparecido.

Em homenagem ao lendário astronauta, uma cratera lunar recebeu em 1970 o nome de Wan Hoo.

No episodio 24 da série de TV Mythbusters, o voo de Wan Hu foi recriado com foguetes de pólvora como os da lenda. A cadeira explodiu na plataforma de lançamento.”

Notem que a história que ouvi por diversas vezes – sobretudo nas aulas – é ligeiramente diferente desta.
A história que me contaram é que realmente Wan Hu fez tudo isto. Mas quando se deu a explosão e ele “desapareceu” (na NASA dizem o mesmo), não foi porque ele tivesse ido à Lua, mas o que lhe aconteceu foi o que o programa Mythbusters mostrou… (tal como é contado na China) 😉

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • BetinhoFloripa on 09/06/2014 at 14:19
    • Responder

    Aproveito para divulgar o trabalho sério de Pai Maike:

    http://perolas.com/wp-content/uploads/2014/06/pc-pai-mayke1.jpg

  1. … exactamente; Wang Hu morreu com os foguetes enfiados no ku!

    1. Cuidado com a linguagem 😉 Há crianças (menores) que nos leem…

      Neste caso, o que aconteceu foi que explodiu…

        • PAULO on 07/06/2014 at 01:57

        … claro que foi isso. Este conto faz lembrar a narração do foguetão que supostamente subiu em 1555 em Sibiu, na Roménia; cortesia de Conrad Has.
        A descoberta deste possível evento vai para o Dr. Doru Todericiu, professor de Ciências e Técnicas da Universidade de Bucareste, que em 1961 teria exumado um velho manuscrito dos cacifos da Biblioteca de Sibiu.
        (Doru Todericiu: The Sibiu manuscript, na Revista Romena de História. T. VI, nº3, 1967 – Edição da Academia da República Socialista da Roménia).

        Ou seria só para chatear os americanos na altura?!

    • Ricardo Correia on 06/06/2014 at 09:45
    • Responder

    Hoje em dia podemos encontrar Wan Hu em Braga, em Philadelfia, em Manaus, em Sydney, em Luanda, em Estocolmo…

  2. Acabei lembrando do padre brasileiro que se amarrou a balões de festa cheios de gás hélio para alçar voo e acabou morrendo no processo. Sei que o objetivo dele não era chegar na lua, mas mesmo assim lembrei dele pela inocência de ambos.

    http://noticias.terra.com.br/retrospectiva/2008/interna/0,,OI3334617-EI12492,00-Padre+morre+apos+levantar+voo+com+mil+baloes+de+festa.html

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.