Mars One, os vendedores de sonhos marcianos

Saiu hoje no Público, o meu artigo de opinião sobre o projecto MarsOne.

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Dinis Ribeiro on 06/01/2015 at 17:17
    • Responder

    ´Trata-se dum projecto naturalmente polémico… e o título de “vendedores de sonhos” está bem escolhido e embora eu também tenha diversas reservas, penso que este projecto ainda “tem muitas coisas que se aproveitam”…

    Por exemplo:

    Mars One Portugueses vencem concurso internacional para levar vida a Marte
    http://www.noticiasaominuto.com/pais/329549/universitarios-portugueses-vencem-concurso-internacional-para-levar-vida-a-marte

    • Paulo de Almeida on 12/06/2014 at 09:50
    • Responder

    Tinha o José Matos em melhor consideração … estou em crer que esta sua participação neste embuste só pode ser vista mais como um “passatempo”, não acredito que o José Matos se tenha convertido ao “esoterismo” 😉

    … mas nunca se sabe 🙁

    Abraços,
    PA

    • Sérgio Caldeira on 11/06/2014 at 16:46
    • Responder

    Ora bem, a qualidade da AstroPT. Haja alguém que chame “os bois pelos nomes”. Aquela gente não é séria, mas sabe jogar com as fantasias das pessoas. Não há lançadores para isto nem há veículos capazes de aterrar. Mesmo a versão 2 da Dragon não poderia realizar a missão, nem muito menos aterrar alinhada com outras como é mostrado no filme publicitário. Ética e legalmente não é possível mandar gente com bilhete só de ida, equivalente a um homicídio. Não passa disso mesmo, como bem escreve: uma fantasia explorada com fins propagandísticos e comerciais.

    1. Concordo com quase tudo.

      Só não acho que seja homicídio. Eles não escondem que a viagem é só de ida e “toda a gente” sabe que não é possivel sobreviver muito tempo em Marte só com os recursos locais.

      Nem sequer lhe chamaria uma burla. As burlas baseiam-se normalmente numa história com um mínimo de credibilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.