Físico açoriano recebe o “Euroscience Journalist Prizes Genius Prize”

 

Jácome Armas

Natural da Horta, na ilha do Faial, Açores, Jácome Arma terminou recentemente o doutoramento em Buracos Negros no Instituto Niels Bohr de Astronomia e Física em Copenhaga, capital da Dinamarca e mudou-se agora para a Suíça onde irá colaborar com o CERN.

Jácome Armas, jovem Físico natural do Faial, foi distinguido com o GeniusPrize, um dos prémios de maior prestígio jornalístico científico na Dinamarca. Jácome Armas recebeu o prémio “Genius prize” das mãos de Jens Degett, organizador da primeira conferência europeia para jornalistas de Ciência, realizada neste domingo, dia 22 de Junho, em Copenhaga

O prémio, atribuído pela Associação de Jornalistas Científicos Dinamarqueses criada em 1976, é de carácter não anual e distingue, desde 1996, mediante nomeação, as individualidades ou os media cujo contributo é essencial para a comunicação da ciência.

Por ter criado e estabelecido o Science and Cocktails, o açoriano de apenas 28 anos, acrescenta este honroso reconhecimento público ao seu extenso e diversificado currículo nacional e internacional.

Natural da Horta, de onde saiu há 10 anos para estudar Engenharia Física na Universidade de Aveiro, passou pela Irlanda para estudar Física Teórica durante um ano no Trinity College of Dublin e, após concluir a licenciatura, completou o mestrado em Estudos Avançados em Matemática na Universidade de Cambrigde, Inglaterra.

Terminou recentemente o doutoramento em Buracos Negros no Instituto Niels Bohr de Astronomia e Física em Copenhaga, capital da Dinamarca e mudou-se agora para a Suíça onde irá colaborar com o grupo de Física Teórica da Universidade de Berna e com o do CERN, que tem o maior acelerador de partículas.

Para saber mais sobre este conselheiro, que integra a Rede Prestige desde Janeiro de 2013, consulte o seu currículo em http://www.jacomearmas.com

Fonte: Rede Prestige

Mais: Ciência 2.0

1 comentário

  1. O Sr. Jácome tem de viajar para o continente para analisar o massivo “Buraco Negro” que destrói a economia portuguesa há décadas. Numa segunda fase o Sr. Magueijo arranjará a solução de nos livrarmos do problema de forma mais rápida que a luz.!

Responder a PAULO Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.