Missão a Marte

Mission_to_Mars

Missão a Marte é um filme do ano 2000.
O filme explora temas de astronomia, vida extraterrestre, panspermia e exploração espacial.

Pessoalmente, gostei do filme.
Não só gostei da história e dos efeitos especiais, mas penso que foi bastante realista em algumas partes.
Claro que noutras partes não gostei nada, por andar a promover crenças religiosas.

missmarsrev

A primeira missão tripulada a Marte chega finalmente no ano 2020.
Infelizmente, um enorme e misterioso furacão sai de uma formação rochosa e dizima quase toda a tripulação. O último sobrevivente, o comandante, envia uma mensagem para a Terra.

A NASA decide enviar uma missão de resgate/salvamento.
Os objetivos desta missão são: tentar perceber o que aconteceu à missão anterior e salvar a tripulação da missão anterior que possa ter sobrevivido.

Esta missão tem algumas dificuldades para chegar sã e salva a Marte.
Uma chuva de micro-meteoros “ataca” a nave e deixa-a inoperacional.
A tripulação é obrigada a entrar num módulo que orbita Marte. Um dos astronautas morre nesta operação ao entrar na atmosfera marciana. Na verdade, mesmo antes de entrar, ele abre o capacete e congela instantaneamente.

Esta missão, tal como a anterior, pousa na região conhecida como Cydonia, que contém enigmáticas pirâmides e uma enorme face humana.
A tripulação da missão de resgate encontra um sobrevivente: o comandante da missão anterior vive numa estufa que ele próprio construiu em Marte.

O sobrevivente explica aos tripulantes da missão de resgate que a formação rochosa em forma de face na superfície de Marte na verdade é cristalina e emite um ruído que é traduzido como DNA humano (apesar de lhe faltar um par de cromossomas).

A nova tripulação percebe que tem de enviar um ruído de volta que seja traduzido como o par de cromossomas em falta. Como a tripulação anterior não percebeu isso, a estrutura matou-os (assumiu-os como invasores ignorantes).

Quando enviam a transmissão para completar a sequência de DNA, uma porta abre-se na estrutura da Face de Marte. A tripulação entra lá para dentro.

Uma projeção holográfica a 3 dimensões aparece, mostrando o planeta Marte coberto de água (no passado) e um cometa a colidir com Marte tornando-o inabitável.
Um Marciano Humanoide aparece e explica aos astronautas que os antigos nativos de Marte tiveram que evacuar o planeta. Um desses refugiados viajou para a Terra com o objetivo de criar humanos, que um dia iriam chegar a Marte e ser reconhecidos como descendentes dessa civilização marciana antiga.

No final da explicação, um dos astronautas entra numa nave marciana e é enviado para o novo planeta dos antigos marcianos. Os outros astronautas voltam para a Terra.

mars face

Os críticos receberam muito mal este filme. O filme teve críticas muito negativas.
As próprias pessoas que gostam de ir ver filmes ao cinema, apesar de o irem ver, também saíram do cinema um pouco desiludidas.

Pessoalmente gostei dos efeitos especiais e do entretenimento que o filme proporcionou. Também gostei bastante de algumas partes que me pareceram bastante realistas.
No entanto, é verdade que o filme é lento por vezes, tem uma história que podia ser muito melhor, e tem um final totalmente parvo.

mission_to_mars_1

Não gostei:
– não existiu lançamento das naves.
– o diálogo por diversas vezes parecer ser mau, irrealista.
– escolheram a região de Cydonia, para promoverem as fantasias pseudo.
– utilizaram a suposta (e inexistente) face de Marte para promoverem as conspirações.
– porque dizimaram todos os que não respondiam corretamente?
– porque dizimaram todos menos o comandante?
– o alienígena no final é demasiado humanoide.
– o extraterrestre chora como se fosse humano.
– como uma civilização que consegue viajar entre planetas e consegue evacuar um planeta, não consegue desviar cometas? É um paradoxo sem sentido.
– o final do filme é muito fraco… um perfeito disparate.
– o extraterrestre defendeu a ideia da panspermia direta.
– é semelhante ao filme Prometheus.
– existe uma promoção ao Criacionismo.
– a sugestão de que o Big Bang Biológico há 550 milhões de anos teve como causa a civilização marciana ter trazido o seu DNA para a Terra.
– a ideia de que a evolução tem um propósito: o objetivo final são os humanos. Isto é um perfeito disparate: nem a evolução tem um propósito nem os humanos são o produto final (continuamos a evoluir).
– os marcianos (e o astronauta) não viajam para outro planeta, mas sim para outra galáxia. Isto é uma completa imbecilidade.

MissionToMarsPrehistoric

Gostei:
– excelentes efeitos especiais.
– imagens espetaculares. As cenas no espaço com a superfície de Marte são fabulosas.
– a sequência holográfica no final é bastante boa.
– a sequência da morte do astronauta, enquanto se aproxima da atmosfera marciana.
– a missão a Marte ter uma tripulação com homens e mulheres, incluindo um casal, é realista.
– a missão de resgate para algo que corre mal, também me parece realista.
– a nave com o anel gigante a rodar para criar gravidade artificial.
– um dos astronautas explicar: “a viagem até Marte leva 6 meses. A seguir 1 ano na superfície. Mais 6 meses para voltar. São 2 anos no total da missão.”
– a missão tem problemas de comunicação e têm que se desenrascar sozinhos.
– a comunicação demora algum tempo entre os astronautas e a Terra.
– por 2 vezes referem corretamente a distância que tiveram que viajar entre a Terra e Marte.

Na prática, o filme divide-se em duas partes:
– os detalhes (incluindo imagens) da exploração espacial e da conquista marciana são bastante realistas, o que é excelente.
– a parte final do filme é um disparate completo e estragou o que poderia ser um excelente filme.

3 comentários

  1. Achei legal o filme, vou ver algum dia desses, e uma coisinha importante, não estou conseguindo colocar meus comentários em outra matéria, o que houve?

  2. O filme é bom 90% do tempo.

    O que acontecido com alguma frequência é que os filmes de ficção científica começam muito bem e terminam de forma lastimável… Esse é mais um deles.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.