Sepideh

1920195_607872769283446_27565138_n

SepidehReaching for the Stars é um documentário inspirador e comovente, baseado em acontecimentos reais, sobre uma jovem iraniana de 16 anos chamada Sepideh Hooshyar que persegue a sua paixão por astronomia (o seu sonho é ser astronauta), contra todos os obstáculos que a família pobre e a cultura conservadora iraniana lhe impõem (incluindo ameaças de morte).

1979651_742456122445026_586791873_n

A história verídica passa-se na rural Saadat Shahr, chamada de Cidade da Astronomia no Irão, devido às diversas atividades astronómicas lá existentes, por parte do clube de astronomia local (a própria mesquita local fornece informação sobre observação astronómica e a cidade tem ruas com nomes de astrónomos famosos).

Aos 12 anos, o pai de Sepideh morre. Ela reflete que se puder estar mais perto das estrelas, estará mais perto dele.
Ela não quer aprender a cozinhar, não quer casar, nem quer saber de família. Ela quer sim “tocar” nas estrelas. Obviamente, esta ambição é muito mal vista no Irão, sobretudo à custa do desrespeito pelas tradições culturais.
Sepideh expõe os seus sonhos e as suas frustrações em cartas que ela escreve para o seu herói: Albert Einstein.

Sepideh (nome Persa que quer dizer crepúsculo ou luz do amanhecer) é ajudada por Anouseh Ansari, uma empresária americana nascida no Irão, e que se tornou a primeira iraniana no espaço ao viajar como turista espacial.

sepideh-sundance-3

Esta é uma história particular, de uma jovem iraniana, no entanto é muito mais que isso.
É uma história sobre perseguir os nossos sonhos e ultrapassar os obstáculos que a sociedade nos impõe.
It appeals to everybody: no matter where you are, it is about reaching your dreams. If we dare to dream big, even the impossible might happen.

Será este o melhor filme de 2014? Devia…

2 comentários

    • Leonardo Corrêa on 01/03/2015 at 13:29
    • Responder

    Carlos,

    Você tem o link desse filme legendado em português? Não estou conseguindo achar nem o dvd para comprar.

    Atenciosamente,

    Leonardo Corrêa

    1. Não tenho não 🙁

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.