Jocelyn Bell

A estudante de doutoramento Jocelyn Bell, em 1968

A estudante de doutoramento Jocelyn Bell, em 1968

Susan Jocelyn Bell Burnell nasceu a 15 de Julho de 1943.
Esta astrofísica irlandesa (nascida em Belfast) é famosa por ter descoberto os pulsares – estrelas de neutrões em rotação, que são o resultado da “morte” de estrelas maciças.

Em 1968, ao estudar quase 5 quilómetros de dados em papel imprimidos das observações feitas com um rádio-telescópio, ela percebeu que existiam sinais recorrentes, que tinham um padrão de tempo em que se repetiam.
A regularidade do sinal/pulso permitiu a descoberta do pulsar PSR B1919+21.

A regularidade do sinal fez com que ela questionasse se se tratava uma emissão natural. Ela imaginou por alguns momentos que talvez pudesse ser uma comunicação artificial feita por uma civilização extraterrestre avançada. Daí que o primeiro nome que este sinal teve foi LGM-1 (sendo que LGM quer dizer “Little Green Men”).

Hoje sabe-se que a natureza do sinal é perfeitamente natural.
Estava encontrado o primeiro pulsar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.