7 grandes fotos da Super-Lua

Fotografando a Super-Lua em Nova Iorque. | Foto: Carlo Allegri

Fotografando a Super-Lua em Nova Iorque. | Foto: Carlo Allegri

A Super-Lua é um fenómeno astronómico normal e previsível, mas para os habitantes da Terra é também uma feliz coincidência: acontece quando está Lua Cheia e, ao mesmo tempo, o nosso satélite se encontra no ponto mais próximo da órbita – o chamado perigeu. Resultado: temos uma lua ampliada no céu.

Este verão já tivemos uma – a 12 deste mês – e vamos ter ainda mais duas: a 10 de agosto e 9 de setembro. A de agosto vai ser a mais espetacular porque o desfasamento entre os momentos do perigeu e da lua cheia será de 26 minutos e ocorrerá pouco depois do aparecimento da Lua no horizonte.

Quando está mais próxima do horizonte, um efeito de ilusão ótica ainda não totalmente entendido provoca uma ampliação da imagem da lua – imaginem o que fará com uma Super-Lua.

Observatório Monte Wilson, Los Angeles. | Foto: David McNew

Observatório Monte Wilson, Los Angeles. | Foto: David McNew

Há perigeus e perigeus

O fenómeno não provoca terramotos, maremotos ou outras catástrofes do género imaginadas pelos lunáticos da Internet; tão-pouco incute a urgente necessidade de nos reproduzirmos como coelhinhos, embora poetas e outros visionários tendam a desprezar provas científicas capaz de os convencer de que a Lua não é um grande cupido no céu.

É inegável – e tenho aqui uma série de imagens que não me deixam mentir – que este espetacular fenómeno astronómico dá aos fotógrafos uma bela oportunidade de tirar grandes bonecos. E aqui estão as de 12 de julho: 7 grandes fotos da Super-Lua captadas em diferentes pontos do mundo.

Olathe, Kansas City. | Foto: John Sleezer/Kansas City Star

Olathe, Kansas City. | Foto: John Sleezer/Kansas City Star

Ottawa, Canadá. | Foto: Blair Gable

Ottawa, Canadá. | Foto: Blair Gable

Cadiz, Espanha. | Foto: Jon Nazca

Cadiz, Espanha. | Foto: Jon Nazca

Uma ponte em Nova Iorque. | Foto: Carlo Allegri

Uma ponte em Nova Iorque. | Foto: Carlo Allegri

Málaga, Espanha. | Foto: Jon Nazca

Málaga, Espanha. | Foto: Jon Nazca

2 comentários

2 pings

  1. Espero que seja possível ver a super lua no dia 10 de agosto 😛

    1. Será certamente. 🙂

      A Lua atingirá o perigeu pelas 18:44 (hora de Lisboa). 😉

  1. […] Não há nada de místico ou de sobrenatural no fenómeno. Já explicamos este conceito, aqui, aqui, e […]

  2. […] recente super-lua vista a partir de uma praia em Alicante, Espanha (crédito da foto: José Carlos […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.