Darwin e Greenaway

Peter Greenaway é um desses cineastas cujo estilo é facilmente identificável. Pontos de fuga centralizados, travellings retos, cenários escuros, mistura de imagens… basta assistir 10 segundos a um de seus filmes que você já sabe, “é um filme do Greenaway”.

“Darwin”, de 1993, é um filme curto, feito para TV. É dividido em 18 pranchas, como um livro. Há atores, mas nenhum diálogo. Não é um documentário, mas também não é ficção. Quem não conhece os filmes do Greenaway pode, a princípio, estranhar… mas é uma pérola que descobri no Youtube, e que vale muito a pena ser vista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.