Alien vs. Predador

211937_Papel-de-Parede-Alien-versus-Predador_1024x768

Os filmes Alien vs. Predador baseiam-se no sucesso que foram os filmes Alien e Predador.
Qual a melhor forma de juntar ambos os sucessos? Juntando as criaturas alienígenas e fazendo-as guerrear entre si.

alien-x-predador-1

O primeiro filme Alien vs. Predador estreou em 2004.

Da wikipedia:

“O milionário Charles Bishop Weyland descobre uma pirâmide na Antártida, 600 metros abaixo da superfície. Ele organiza uma equipa de segurança, técnicos e cientistas para explorar a pirâmide.
Quando chegam lá, descobrem um túnel através do gelo que vai na direção da pirâmide. A pirâmide foi feita pelos Predadores, sendo o túnel aberto através de um raio vindo da nave dos Predadores em órbita da Terra. 3 predadores pousam na Terra e matam vários humanos (seguranças) que ficaram do lado de fora do caminho da pirâmide.

Enquanto isso, já lá dentro, os humanos descobrem alguns segredos: a pirâmide foi construída há muitos milénios por povos que habitavam a Antártida numa época que ela era tropical e habitável, e eles faziam sacrifícios aos “deuses” (os Predadores) que usavam as vítimas para serem infetadas e gerarem “serpentes” (os Aliens) para servirem como caça competitiva; a pirâmide muda de forma internamente em suas câmaras de 10 em 10 minutos, como um labirinto até chegar na câmara do sacrifício.

Alguns humanos encontram as armas dos Predadores numa urna secreta, e estes já dentro da pirâmide aparecem para atacar. Então a pirâmide muda de forma dando oportunidade de escapar a um grupo de pessoas por um caminho, enquanto os outros ficam presos.
Enquanto isso, a serpente-mãe (rainha-alien) acorda da sua longa hibernação e começa a colocar ovos que vão até a câmara do sacrifício, para eclodir os ovos e as larvas (facehuggers) incubarem embriões nos corpos das vítimas até eles eclodirem, matando os que ficaram lá presos. A partir daí começa a infestação dos Aliens pela pirâmide.
Os sobreviventes Alexa e Sebastian esperam pela nova formação da pirâmide, para escaparem.”

Um Alien-serpente captura Sebastian para o infetar.
Dois Predadores são mortos.
Enquanto isso, Alexa vai matando Aliens que a cercam, com a arma que entretanto retirou ao Predador.
Alexa vê que Sebastian está infetado com um embrião de Alien e mata-o.

Alexa e o Predador chegam a um ninho que está prestes a eclodir vários facehuggers, colocam uma bomba e saem da pirâmide, com a missão de evitar que a raínha-alien chegue até à superfície. No entanto, ela consegue escapar e os dois têm que matá-la. Eles conseguem enrolá-la em correntes, e empurram-na para o fundo da Antártida.
No entanto, o Predador é atingido antes da Alien-raínha cair e morre.

No final, a nave-mãe dos Predadores chega para levar os corpos dos Predadores mortos. Percebem que Alexa os ajudou (veem o símbolo de guerreiro feito pelo Predador) e por isso como agradecimento, deixam-na viver e dão-lhe uma lança.
A nave parte, mas no interior dela sai um embrião do corpo do Predador morto, que foi infetado e subentende-se que esse Alien mata todos dentro da nave…

O filme é excelente. Adorei o filme.
A ação é ótima, os efeitos especiais são muito bons, o cenário é fabuloso, e a história está bem conseguida.
O facto de meter pirâmides, Aliens e Predadores, obviamente tornou o filme numa mistura muito interessante.

No entanto, detesto o facto de ser na Terra: mesmo quando existe uma guerra entre extraterrestres, essa guerra tem que ter como arena a Terra, porque, pelos vistos, a Terra é o centro do Universo, o local mais importante de todo o Universo. Pelos vistos, a Terra é o melhor local de todo o Universo para o ritual de passagem dos Predadores (para se tornarem caçadores e matarem Aliens). As ideias geocêntricas continuam…
Detestei também o facto do único sobrevivente ser um Humano. Numa guerra entre poderosos extraterrestres, nenhum Humano teria a mínima hipótese ou estaria ao mesmo nível dos extraterrestres. Mais uma vez, existe um geocentrismo psicológico, um antropocentrismo de colocar os Humanos num pedestal.
Obviamente, todo este geocentrismo psicológico existe devido ao filme se basear nas ideias de Erich von Däniken (as pirâmides “só podiam” ter sido construídas com a ajuda de alienígenas) e no livro de 1931 At the Mountains of Madness de H. P. Lovecraft.

Alien.vs.Predador.2

O segundo filme desta saga, Alien vs. Predador 2, ou Aliens vs. Predator: Requiem, foi lançado em 2007.

Da wikipedia:

“O filme continua imediatamente após o final do primeiro filme. Mostrando os predadores levando o corpo de Scar (predador morto na batalha contra a Rainha-Alien na Antártica) de volta para o planeta natal, até que da barriga de Scar, nasce um novo Alien, um PredAlien (mutação do alien nascido de um predador), que é uma mistura entre as duas raças. O novo Alien, então, mata todos os Predadores tripulantes da nave, que assim perde o controle e cai na Terra, mais especificamente na pequena cidade de Gunnison, Colorado, interior dos Estados Unidos.

O PredAlien tem a capacidade de infetar humanos sem precisar de ovos ou larvas aracnóides, além de ter a inteligência de um predador.

Antes de morrer, um Predador consegue enviar uma mensagem de socorro de volta para o seu planeta-natal, de modo a que o Predador que está num observatório no seu planeta receba esse SOS e viaje para a Terra para tentar controlar a situação.

Na chegada do predador delegado à Terra, ele percebe a gravidade do problema quando vê o vídeo gravado no sistema da nave sobre o Alien e vê também que algumas larvas aracnóides (que se vão tornar Aliens) escapam para a mata. Para “apagar” as provas do ocorrido, ele aciona o dispositivo de explosão nuclear invertido (implosão), desintegrando a nave.

As primeiras vítimas humanas foram um caçador acompanhado do seu filho, que estavam na mata. Algumas alien-larvas entram na rede de esgoto e matam alguns mendigos que moravam lá. O PredAlien também ataca por lá.

Enquanto o predador segue os rastos das alien-larvas e encontra os corpos eclodidos do caçador e do seu filho, um grupo de resgate com a polícia procuram os desaparecidos pela mata. O predador usa um produto ácido para dissolver as provas da infestação e nesse momento é apanhado por um policia. O Predador mata o polícia, colocando-o pendurado de cabeça para baixo nas árvores.

Um grupo de jovens civis liderados por um ex-presidiário e uma militar fuzileira ajudam a combater a infestação de alienígenas na cidade.
A maioria deles morre, às mãos dos Aliens e às mãos do Predador, que não admite o envolvimento dos humanos na guerra.

O predador continua a luta contra o PredAlien e as suas crias, até que uma ordem superior do Comando dos Fuzileiros e do Governo Americano manda evacuar a população da cidade para um ponto “seguro” num suposto resgate, mas era uma armadilha para atrair todos os aliens para um único local.”

O Predador encontra o PredAlien. Os dois lutam até à morte.
Antes que se matem, o Governo Americano larga uma bomba nuclear e mata toda a vida nesse local.

Não gostei deste filme: perdeu a novidade, perdeu a claustrofobia, perdeu as pirâmides com estruturas movíveis, e ficou só com o geocentrismo e antropocentrismo, tornando-se num filme vulgar.

1 ping

  1. […] Depois deste filme, vieram sequelas e até outros filmes com o mesmo alienígena, como Predadores e Alien vs. Predator. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.