Errantes

Wanderers_SaturnoFlutuando nos céus de Saturno.
Crédito: Erik Wernquist (do filme Wanderers).

Parem tudo o que estão a fazer e assistam a este vídeo avassalador:

Wanderers é um pequeno filme de ficção científica da autoria de Erik Wernquist, que abre uma janela para o que poderá vir a ser o futuro da exploração humana do espaço. Narrado pela voz inconfundível de Carl Sagan, o filme transporta-nos através de recriações digitais de locais reais no Sistema Solar.

Observar um pôr-do-sol em Marte, sobrevoar os mares de Titã, caminhar sobre a superfície gelada de Europa, saltar do cimo de Verona Rupes, em Miranda, são estas algumas das aventuras retratadas neste filme – aventuras com as quais, por agora, apenas podemos sonhar, mas que, no futuro, farão, certamente, parte do nosso quotidiano.

Com legendas em português:

5 comentários

2 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Daqui a um milênio, se não tivermos acabado com a Terra e nos extinguido, muito provavelmente estaremos assim mesmo, partindo para “férias” em outros mundos do nosso Sistema Solar, fazendo pacotes de viagem sideral. Pena estar tão, tão, tão, distante…

    • Fernando Simoes on 02/12/2014 at 14:03
    • Responder

    Fazer base jumping em Miranda está muito bem pensado. Como não deve haver atmosfera, não há resistência do ar, mas por outro lado a força da gravidade é tão baixa que no início deve parecer que flutuamos.

    Ainda assim deve dar jeito ter um auxiliar para aterragem (uma coisa tipo jetpack), para evitar idas ao hospital mais próximo. 🙂

    • Filipe Barroso on 01/12/2014 at 20:27
    • Responder

    Absolutamente fantástico.

    • Ricardo André on 01/12/2014 at 18:08
    • Responder

    O Carl Sagan se visse este vídeo até dava voltas no caixão! !
    Fantástico! ! Fez-me sonhar!!

  2. Only beautiful!

  1. […] Errantes […]

  2. […] quão longe a humanidade explorará? Se a junção neste vídeo de imagens reais e visualizações fictícias […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.