Google+

«

»

Dez 02

Eta Carinae e Nebulosa do Homúnculo em expansão – APOD

CarinaExpanding_Hubble_750d

Créditos da imagem: Hubble, NASA, ESA; Processamento e copyright: First Light, J. L. Dauvergne, P. Henarejos.

Como o sistema estelar Eta Carinae criou esta incomum nebulosa em expansão? Ninguém sabe ao certo.

Cerca de 170 anos atrás, o sistema estelar austral Eta Carinae (Eta Car, η Car) tornou-se misteriosamente o segundo sistema estelar mais brilhante no céu noturno. Vinte anos mais tarde, depois de ejetar mais massa do que o nosso Sol, Eta Carinae inesperadamente desapareceu. De alguma forma, essa explosão parece ter criado a Nebulosa do Homúnculo.

A animação de três quadros apresenta imagens da nebulosa feitas pelo Telescópio Espacial Hubble em 1995, 2001 e 2008. O centro da Nebulosa do Homúnculo é iluminado pela luz de uma estrela luminosa, enquanto as regiões ao redor estão os lóbulos em expansão de gás atados com filamentos de poeira escura. Jatos bisseccionam os lóbulos que emanam das estrelas centrais. Os detritos em expansão incluem fluxos em formato de vibrissas (ou “bigodes”) e arcos de choque causados por colisões com material previamente existente.

Eta Carinae ainda passa por explosões inesperadas, e sua grande massa e volatilidade fazem dela uma candidata a explodir numa supernova espetacular em algum momento nos próximos milhões de anos.

Acerca do autor(a)

Joaquim Farias

Joaquim Farias nasceu e vive em Uruoca, Ceará, Brasil.
É estudante de licenciatura em matemática e professor.
Futuramente será graduado em Astronomia, com especial atenção à Astronomia extragaláctica. Também é divulgador científico em páginas do Facebook (Espaço Astronômico e projeto Ciência e Astronomia) e muito fã da série Cosmos: uma viagem pessoal e, claro, de Carl Sagan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>