New Horizons acordou!

14179398001417939866

A sonda New Horizons, que tem como destino o sistema de Plutão (e mais além) estava em hibernação.
Ontem, à hora prevista, saiu da hibernação, “acordando” novamente para o Universo.

Eram 2:53 da manhã em Lisboa (0:53 em Brasília), do dia 7 de Dezembro de 2014, quando os cientistas do Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory confirmaram que a sonda saiu da hibernação e passou a estar ativa, tal como estava pré-programado nos seus comandos de computador.

B4OHswCIEAA_WL8.jpg large

A sonda está a 4,7 bilhões (no Brasil) de quilómetros da Terra, o que fez com que o sinal levasse 4 horas e 26 minutos da sonda até à Terra.
O sinal foi “apanhado” pela estação de Camberra, Austrália, da Deep Space Network da NASA.

Após 9 anos de viagem (o lançamento foi a 19 de Janeiro de 2006), esta é a maior distância de qualquer missão espacial até ao seu destino primário.

No dia 14 de Julho de 2015, a New Horizons irá passar pelo sistema de Plutão, prevendo-se que encontre mais algumas luas e quiçá nos surpreenda com dados de Plutão.

7 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Se existirem luas ainda desconhecidas a sonda terá boas hipóteses de as encontrar?

    Ou o objectivo é estudar Plutão e encontrar alguma(s) lua(s) seria “apenas” um bónus?

    1. O objetivo é estudar Plutão e o seu sistema (ex: Caronte). Tudo o resto é bónus. Mas certamente que se vai descobrir outras luas e quiçá outras coisas (anel de detritos?). E porque digo isto? Porque foi sempre assim quando sondas passaram por Jupiter, Saturno, Urano e Neptuno 🙂

      Eu dou como garantido (99%) essas descobertas 😉
      (e não é por ter conhecimento delas de quando passei por lá no meu OVNI 😛 ehehehe )

        • Jaculina on 09/12/2014 at 21:39

        Obrigada.

        E, se quisermos entrar no mundo dos sonhos, até pode descobrir uma base alien abandonada há milénios.

      1. 😀 😀 😀

    • Jérémy Silvares on 08/12/2014 at 15:56
    • Responder

    Para quando uma sonda apenas para Neptuno e outra sonda para Úrano? Isso sim era excelente (em vez de Marte, ir mais além) 🙂

    1. Primeiro Europa e Titã 😀

        • atamar chalub on 09/12/2014 at 16:00

        concordo demais, Europa então se existir mesmo o oceano que dizem, descobriremos a tão procurada vida lá, ja deveriam ter mandado algo pra la, pra mim seria o primeiro objetivo.

  1. […] do sistema de Plutão. O episódio passou no início de Janeiro. E o evento científico, que foi real, passou-se cerca de 1 mês […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.