W5: pilares de formação estelar – APOD

Créditos da imagem: WISE, IRSA, NASA; Processamento e copyright: Francesco Antonucci.

Créditos da imagem: WISE, IRSA, NASA; Processamento e copyright: Francesco Antonucci.

Como as estrelas nascem? Imagens em infravermelho como esta da região de formação estelar W5, feita pelo satélite Wide Field Infrared Survey Explorer (WISE) da NASA, fornecem pistas claras com indicações de que estrelas massivas, perto do centro de cavidades vazias, são mais velhas do que as estrelas perto das bordas.

A razão provável disso é que as estrelas mais velhas no centro estão na verdade provocando a formação das estrelas jovens na borda. A formação de estrelas desencadeada ocorre quando o gás quente jorrado comprime o gás mais frio em pontos densos o suficiente para se contraírem gravitacionalmente em estrelas. Na imagem infravermelha em destaque, colorida para fins científicos, os pilares espetaculares, que evaporaram lentamente do gás quente jorrado, fornecem mais pistas visuais.

W5 também é conhecida como IC 1848, e juntamente com IC 1805 forma uma complexa região de formação de estrelas popularmente apelidada de Nebulosas Coração e Alma. Esta imagem destaca uma parte de W5 abrangendo cerca de 2.000 anos-luz, uma região que é rica em pilares de formação estelar. W5 fica a cerca de 6.500 anos-luz de distância na direção da constelação de Cassiopeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.