A Nebulosa Bolha de Sabão – APOD

soapbubble_noao_960

Créditos da imagem e Copyright: T. Rector (U. Alaska Anchorage), H. Schweiker (WIYN), NOAO, AURA, NSF.

À deriva nos ricos campos estelares da constelação do Cisne (em latim: Cygnus), esta nebulosa bela e simétrica só foi reconhecida há alguns anos e ainda não aparece em alguns catálogos astronómicos.

Na verdade, o astrónomo amador Dave Jurasevich identificou-a como uma nebulosa em 06 de julho de 2008, em suas imagens desta complexa região no Cisne, que inclui a Nebulosa Crescente (NGC 6888). Ele posteriormente notificou a União Astronómica Internacional (International Astronomical Union, ou IAU).

Apenas onze dias depois, o mesmo objeto foi identificado independentemente por Mel Helm nos Observatórios de Sierra Remote (em Sierra Nevada, Califórnia, EUA), ao ser fotografado por Keith Quattrocchi e Helm, e também submetido à IAU como uma nebulosa potencialmente desconhecida.

A nebulosa, que aparece à esquerda da imagem em destaque, agora é conhecida como a Nebulosa Bolha de Sabão. O que é, então, a nebulosa que acabou de ser reconhecida? Muito provavelmente é uma nebulosa planetária, a fase final da vida de uma estrela parecida com o Sol.

2 comentários

1 ping

  1. A forma dela seria realmente quase uma esfera ou isso é uma mera ilusão da nossa perspectiva e ela é apenas circular?

    1. Basicamente está a perguntar se existe uma direção preferencial para se expandir (neste caso seria circular, para a nossa direção), ou se se expande em todas as direções em 3 dimensões espaciais (esfera).

      Assim, será uma esfera….

      abraços

  1. […] imagens do espaço, sempre me entonteceram. Um dos poemas do meu Moral das Horas é inspirado na Nebulosa bolha de sabão e tem […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.