Dawn desvenda novas estruturas na superfície de Ceres

Ceres_FC_Dawn_040215Ceres visto pela sonda Dawn, a 04 de fevereiro de 2015.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/UCLA/MPS/DLR/IDA.

A Dawn captou anteontem um novo conjunto de imagens de Ceres, desta vez a partir de uma distância de 145 mil quilómetros. Com uma resolução aproximada de 14 km/pixel, estas novas imagens revelam com maior nitidez uma variedade de estruturas na superfície cereriana, incluindo diversas crateras no hemisfério sul, algumas com proeminentes pico centrais.

rotacao_Ceres_FC_Dawn_040215Sequência de imagens obtidas pela sonda Dawn a 04 de fevereiro de 2015, mostrando Ceres em aproximadamente um quarto da sua rotação.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/UCLA/MPS/DLR/IDA/PSI.

A misteriosa mancha brilhante, visível nas imagens captadas a 13 e a 25 de janeiro, aparece agora acompanhada por outras formações com um aspeto semelhante. Estas regiões não são, no entanto, verdadeiramente brilhantes. Ceres é um objeto muito escuro e reflete apenas 9% do total de luz solar incidente. Estas novas manchas são apenas 50% mais brilhantes que o terreno em seu redor, pelo que, na realidade, são tão escuras quanto uma superfície de asfalto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.