A Grande Muralha junto ao luar – APOD

GreatWallMoonlightAudet1024

Créditos da imagem e Copyright: Francis Audet.

Na sexta-feira da semana passada, uma Lua quase cheia nascia enquanto o Sol se punha sobre esta paisagem montanhosa ao norte de Pequim, China. Perto do apogeu, o ponto mais distante em sua órbita elíptica em torno da Terra, essa Lua Cheia foi a menor e menos luminosa do ano.

Com a secção Jiankou da Grande Muralha da China serpenteando através da cena, a antiga muralha por si só é objecto de um mito mais velho do que a era espacial, a qual seria visível a olho nu por alguém na superfície lunar. Mas, mesmo a partir da órbita baixa da Terra, o artefato em grande escala da civilização humana é muito difícil de ser identificado.

Na sua maior distância até nosso planeta, a Lua brilha no céu crepuscular, porém posa na faixa fraca e rosada conhecida como o arco anticrepuscular ou cintura de Vénus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.