Linha Temporal no filme Interestelar

Já temos vários posts sobre o filme Interstellar, como podem ler aqui.

Vejam agora esta infografia que retrata a linha do tempo durante o enredo do filme:

8 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Há uma série de detalhes que escapam-me:

    1- “Buraco de verme” no destino é o “Gargantua”?

    2-O planeta de Edmund é o mais distante do “Gargantua” e o que está em “linha reta” com a saída do “Buraco de verme”?

    3-Sendo o “Buraco de verme” produzido de forma intencional, seria lógico que o planeta de destino estivesse a uma possível trajetória que o tornasse mais facilmente “identificável” como escolha certa e também a uma distancia segura?

    1. Já não me lembro bem do filme… 😉 🙁

    2. 1 – Não. o Wormhole está ‘perto’ da Gargantua, mas são ‘coisas’ distintas.

      2 – Sim.

      3 – Um Wormhole estável necessita de grandes quantidades de energia. A energia da Gargantua é o combustível… Por isso, está distante do Red Planet…

      Abraços

    • Marcelo Muniz on 09/04/2015 at 02:11
    • Responder

    Meio irônico montar uma linha temporal explicando os eventos de um filme que teoriza justamente que o tempo não é linear.

    1. é sempre feito com linhas… se vir o Back to the Future é a mesma coisa 😉

  2. No ‘regresso’ o Cooper volta a passar pelo Wormhole – após o Terrasect colapsar -, vê-se ele, inclusive, a ‘apertar a mão’ à Amélia no Wormhole!!!
    Portanto, falta ali o Wormhole à direita da Gargantua, certo?!

    Abraços

    1. já não me lembro bem… 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.